Aracajú precisa de uma Bienal do Livro.

São Paulo promove a sua maravilhosa Bienal Internacional do Livro em Agosto, o Rio de Janeiro também promove excelentes Bienais, o Ceará, a Bahia, Alagoas, Minas gerais Brasília, Itabaiana/Se, mas e a capital sergipana? Onde está nosso Governo do Estado para promover uma Bienal Internacional do Livro em Aracajú? Estou certo de que instituições como bancos, livrarias e editoras apoiariam uma bienal em nossa capital. O Sesc, a Petrobrás, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, as Fundações Culturais, todos devem ter interesse em uma bienal. A maior dificuldade encontrada por quem escreve, não é escrever, mas confeccionar o livro que é caríssimo e falta apoio do Estado e do Município aos artistas sergipanos. O governo Federal tem gráfica, mas não faz algo coletivo que incentive a confecção dos livros de quem não pode pagar. Editoras cobram uma fortuna para a edição e ainda por cima falta a bienal do livro na nossa capital. Um escritor tem que fazer das tripas coração para chagar a um livro. Aqueles que podem pagar não reclamam, mas também sentem nos bolsos. Lei da Cultura existe, mas falta o incentivo real para que ela aconteça de fato. Nós temos uma linda capital, com excelentes escritores, artista que poderiam estar visíveis, mas param na barreira do livro porque não encontram quem os apoie. Nem empresários, nem as fundações culturais, nem o governo do Estado ou do Município. As iniciativas são tímidas e abafadas em mídia própria, inacessível a todos os artistas. O Governo tem feito pela cultura sim, alguns passos foram dados, mas inexpressivos para a importância e a grandeza de se reconhecer valores culturais legitimamente sergipanos. Tenho certeza absoluta que uma Bienal do Livro em Aracajú só traria benefícios e enriquecimento cultural a nosso Estado, além da geração de renda, empregos diretos e indiretos, o polimento da imagem de Sergipe no contexto nacional e a garantia de visibilidade aos nossos artistas. Este é um projeto sonhado por Roda Cultural e quero acreditar que todos os artistas sergipanos irão agradecer. Imaginem numa Bienal do Livro, shows com artistas da terra cantando, fazendo apresentações teatrais, Cordel. Imaginem cada Prefeitura Municipal enviando seus artistas locais para apresentação na Bienal. Opa, sonhei e acordei rindo. Senhor Governador do Estado de Sergipe, Marcelo Déda, senhor Prefeito de Aaacajú, Edvaldo Nogueira, vamos sonhar conosco, sonhe junto com nossos artistas, vamos realizar uma grandiosa Bienal do Livro em Aracajú.
Authentic Blog, featured by BlogUpp

Seguidores do Google