Sociedade | Você cidadão do mundo. [Tony Casanova]

Grande parte das nossas insatisfações se deve ao fato de não aceitarmos a ordem natural das coisas, a forma como elas acontecem e como retornam as consequências daquilo que praticamos. É estranho perceber como sabemos o certo, ensinamos o certo e praticamos o errado, mas diante das consequências recuamos e procuramos encontrar razão onde ela não existe. Esta é uma tendência natural humana, algo que nos condiciona desde a nossa existência. Talvez uma maneira prática de descobrir que não importa o quanto de conhecimento se possui na vida, o quanto se possui de eloquência e formação didática, mas o quanto se é consequente e equilibrado é que determina o nosso nível de sabedoria.
O erro é uma das nossas tendências mais frequentes, a maior delas, quem sabe. Estamos tão predestinados a errar que seria impossível prever a quantidade de erros que ainda iremos cometer, mas podemos evitar algo que na vida é muito importante para se obter êxito nos objetivos; a repetição dos erros. O quanto vamos errar não importa, mas sim o quanto iremos continuar repetindo estes erros. Eis ai o grande diferencial humano; aprender com os próprios erros e melhor, antes mesmo de cometê-los, aprender com os erros alheios. Ora, se alguém está trilhando um caminho e durante esta caminhada cai em uma cilada, porque eu iria fazer o mesmo sabendo que aconteceria igual comigo? Seria uma tolice absurda! Podemos errar sim, muitas vezes por teimosia, outras por desconhecermos as consequências, mas repetir erros é pedir para sofrer duas vezes!
Há uma adágio popular que diz: “Errar uma vez é humano, persistir no erro é burrice!”, agora me diz se não é correto? Mas vejamos tudo isto por outro ângulo, um tanto mais profundo. Imagine que você sabe que é tendente a cometer erros e que eles trazem sérias consequências de acordo com a importância das ações, me responda com toda sinceridade possível: Porque não antecipar-se e estudar bem as decisões a serem tomadas, analisando-as e medindo suas consequências antes de cometer a ação? Nós já sabemos que de nada adiante ficar se lamentando após ter cometido um erro, tampouco ficar se iludindo e explicando que enganou-se, é lógico que antes de qualquer ato você sabe das consequências, sabe o que é certo e errado fazer, portanto lamentar-se não te garantirá a solução.
Minha avó repetia exaustivamente uma frase que até hoje não me sai da cabeça: “Aquilo que não tem remédio, remediado está.” É assim que a vida funciona; depois de feito não serão pedidos de desculpas, justificativas, choro ou pedidos de perdão que vão aliviar a dor causada, o transtorno, o agravo, a mágoa. Citando mais um adágio popular que encaixa-se perfeitamente nesta matéria; “É melhor prevenir do que remediar.” Uma frase corretíssima que se for aplicada na prática trará enormes benefícios para nós. O que não podemos fazer é nos tornarmos adultos e continuarmos a agir como meninos. Nossas ações devem ser pensadas, refletidas e decididas quando percebermos que não trarão prejuízos para nós ou para outros.
Eu poderia não dizer isso, mas por dever de consciência o farei. Sabe este mundo que temos hoje? Violento, repleto de crimes diversos como latrocínios, homicídios, roubos, drogas, estupros, desrespeito aos pais, aos filhos, casamentos que se erguem e se dissolvem, a vulgaridade das ações, enfim, este mundo que você e eu criticamos? Ele é fruto das nossas ações. Isto ocorre quando somos negligentes na educação, imorais na nossa conduta, negativos nos exemplos, faltosos na disciplina, ou seja a sociedade reflete os nossos erros porque nós somos a sociedade. Nós somos o mundo e se ele está desta forma é porque nada fizemos para impedir isso ou porque nós ajudamos a torná-lo assim quando fomos inconsequentes, levianos, irresponsáveis. A construção de uma sociedade tem mais do indivíduo do que imaginamos e são ações ditas “isoladas” que se constituem células de ações conjuntas e prejudiciais.
Texto do escritor Tony Casanova . Direitos Autorais Reservados ao autor. Estão proibidas as cópias, colagens, divulgação em qualquer meio ou reprodução de qualquer natureza, do todo ou parte desta obra , sem a autorização expressa do autor sob pena de transgressão ás Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos Intelectuais. O desrespeito implicará na aplicação das Sanções Penais cabíveis de acordo com a Legislação em vigor.

.................................................................................

Society | You citizen of the world. [Tony Casanova]

Much of our dissatisfaction is because we do not accept the natural order of things, how they happen and how to return the consequences of what we practice. It is strange to realize as we know it right, teach right and wrong practice, but on the consequences step back and try to find reason where there is none. This is a natural human tendency, which conditions us since our existence. Perhaps a practical way to find out that no matter how much knowledge that you have in life, as it has of eloquence and didactic training, but as it is consistent and balanced is what determines our level of wisdom.
The error is one of the most common trends, most of them, who knows. We are so predestined to miss it would be impossible to predict the number of errors that we still commit, but we can avoid something in life is very important to succeed in the objectives; repeating the mistakes. How we make mistakes it does not matter, but how we will continue repeating these mistakes. Here there the great human differential; learn from their mistakes and better, even before committing them, learn from the mistakes of others. If anyone is treading a path and during this hike falls into a trap, because I would do the same, knowing that the same would happen to me? It would be an absurd nonsense! Yes we can make mistakes, often stubborn, others by desconhecermos the consequences, but repeat mistakes is asking to suffer twice!
There is a popular adage that says, "To err once is human, to persist in error is stupid," now you tell me if it is not correct? But let's look at all this from another angle, somewhat deeper. Imagine that you know is prone to make mistakes and they bring serious consequences according to the importance of actions, answer me with all possible sincerity: Why not anticipate and well study the decisions to be made, analyzing and measuring its consequences before committing to action? We already know that nothing further be regretting having made a mistake, nor be deluding themselves and explaining what was wrong, it is logical that before any act you know the consequences, you know what is right and wrong to do so regret If not guarantee you the solution.
My grandmother extensively repeated a phrase that still sticks in my head: "That which has no remedy, it is remedied." That's how life works; after made will not apologies, justifications, crying or requests for forgiveness that will ease the pain caused the disorder, injury, hurt. To quote another adage that fits perfectly in this regard; "Prevention is better than cure." A very correct phrase that is applied in practice will bring enormous benefits to us. What we can not do is become adults and we continue to act like boys. Our actions must be thought, reflected and decided when we realize that will not bring harm to us or others.
I could not say it, but for conscience will. You know this world we have today? Violent, filled with many crimes as robberies, murders, robberies, drugs, rape, disrespect to parents, children, weddings rising and dissolve, the vulgarity of the shares, at last, this world that you and I criticize? It is the result of our actions. This occurs when we are negligent in education, in our immoral conduct, negative in the examples, absent the discipline, ie the company reflects our mistakes because we are society. We are the world and that it is this way is because we did nothing to stop it or because we help make it so when we were reckless, thoughtless, irresponsible. Building a society has more individual than we think and are said actions "isolated" which consist of joint actions and damaging cells.
Text writer Tony Casanova. Copyright reserved to the author. Prints, collages, disclosure or reproduction in any medium whatsoever, of all or part of this work without the express permission of the author under penalty of trespass ace Brazilian law and International Protection to Intellectual Rights are prohibited. Failure to comply will result in the application of appropriate criminal penalties in accordance with the legislation in force.

......................................................................................

Sociedad | Usted ciudadano del mundo. [A Tony Casanova]

Gran parte de nuestra insatisfacción se debe a que no aceptamos el orden natural de las cosas, la forma en que se producen y cómo volver a las consecuencias de lo que practicamos. Es curioso darse cuenta de como lo conocemos bien, enseñar la práctica bien y el mal, sino por las consecuencias paso atrás y tratar de encontrar la razón donde no la hay. Esta es una tendencia humana natural, que nos condiciona desde nuestra existencia. Tal vez una forma práctica para saber que no importa la cantidad de conocimiento que tienes en la vida, como lo ha hecho de la elocuencia y la formación didáctica, pero ya que es coherente y equilibrada es lo que determina nuestro nivel de sabiduría.
El error es una de las tendencias más comunes, la mayoría de ellos, quien sabe. Estamos tan predestinados a perder sería imposible de predecir el número de errores que todavía cometemos, pero podemos evitar algo en la vida es muy importante para tener éxito en los objetivos; repetir los errores. ¿Cómo nos equivocamos no importa, pero ¿cómo vamos a seguir repitiendo estos errores. Aquí el gran diferencial humana; aprender de sus errores y mejores, incluso antes de comprometerse ellos, aprender de los errores de otros. Si alguien está pisando un camino y durante esta caminata cae en una trampa, porque yo haría lo mismo, sabiendo que lo mismo ocurriría a mí? Sería una tontería absurda! Sí podemos cometer errores, a menudo obstinada, otros por desconhecermos las consecuencias, pero repetir errores está pidiendo a sufrir dos veces!
Hay un dicho popular que dice: "Errar es humano una vez que, de persistir en el error es estúpido," ahora me dices si no es correcta? Pero echemos un vistazo a todo esto desde otro ángulo, algo más profundo. Imagínese que usted sabe es propenso a cometer errores y traen consecuencias graves de acuerdo con la importancia de las acciones, respóndeme con toda la sinceridad posible: ¿Por qué no anticipar y así estudiar las decisiones que se tomen, análisis y medición sus consecuencias antes de comprometerse a la acción? Ya sabemos que nada más se arrepentía de haber cometido un error, ni estar engañándose a sí mismos y explicar lo que estaba mal, es lógico que antes de cualquier acto de conocer las consecuencias, ya sabes lo que es correcto y lo incorrecto hacerlo arrepentir Si no te garantiza la solución.
Mi abuela ampliamente repitió una frase que todavía se pega en mi cabeza: "Lo que no tiene remedio, se remedia." Así es como funciona la vida; después de realizada no disculpas, justificaciones, el llanto o las solicitudes de perdón que aliviará el dolor causado la enfermedad, lesión, daño. Para citar otro adagio que se adapta perfectamente a este respecto; "Más vale prevenir que curar". Una frase muy correcto que se aplica en la práctica traerá enormes beneficios para nosotros. Lo que no podemos hacer es convertirse en adultos y continuamos a actuar como niños. Nuestras acciones deben ser pensados, reflejan y se decidieron cuando nos damos cuenta de que no va a hacer daño a nosotros oa otros.
No podría decirlo, pero para la conciencia hará. ¿Conoces a este mundo que tenemos hoy? Violento, lleno de muchos crímenes como robos, asesinatos, robos, drogas, violación, falta de respeto a los padres, los niños, las bodas subiendo y disolverse, la vulgaridad de las acciones, por fin, este mundo que tú y yo criticas? Es el resultado de nuestras acciones. Esto ocurre cuando somos negligentes en la educación, en nuestra conducta inmoral, negativo en los ejemplos, en ausencia de la disciplina, es decir, la empresa refleja nuestros errores porque somos la sociedad. Nosotros somos el mundo y que es de esta manera es porque no hicimos nada para detenerlo o porque ayudamos a que sea así que cuando estábamos temeraria, imprudente, irresponsable. La construcción de una sociedad tiene más individual de lo que pensamos y nos dijo que las acciones "aislados" que consisten en acciones conjuntas y las células dañinas.
Escritor del texto de Tony Casanova. Derechos de autor reservados al autor. Estampas, collages, divulgación o reproducción en cualquier medio que sea, de la totalidad o parte de este trabajo sin el permiso expreso del autor, bajo pena de la ley brasileña as por la culpa y la Protección Internacional de los Derechos Intelectuales están prohibidos. El incumplimiento dará lugar a la aplicación de sanciones penales correspondientes, de conformidad con la legislación vigente.



Seguidores do Google