Gospel | Reflexão | Como seria a aparência do mal? | O veneno da maldade. | Tony Casanova

Tony Casanova

 Muitos artistas plásticos, designers e desenhistas já tentaram reproduzir a imagem do mal. Cada um sempre procura retratar figuras horríveis,com as cores vermelhas associadas ao personagem macabro. É óbvio que trata-se apenas de simbologia. O mal não assume aparência e quando manifesta-se não utiliza imagens assustadoras, mas aproveita-se da sua exímia habilidade em fazer o que melhor sabe; enganar e atrair sua vítima. No livro de Tiago Capítulo 4 no Versículo 7 está escrito: 
"Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." 

   Vamos analisar com cuidado estas palavras contidas no versículo de Tiago. Frisemos então uma palavra muito importante usada nele: "Resisti". Tal palavra demonstra que devemos ter resistência ás investidas do inimigo, mas não é só isso, ela indica que o mal para nós tem uma aparência quase que irresistível. Distante da figuras feias pintadas por vários artistas, o mal manifesta-se para cada pessoa de acordo com seus desejos profanos, suas fraquezas ocultas, vontades proibidas. Quanto maior for a vontade de realizar tais desejos, maior o poder que o diabo terá sobre nós. Na verdade o mal é o grande agente facilitador da realização de desejos impuros e contrários á vontade de Deus. 
   Um dos frutos comuns do mal neste século é a cegueira espiritual. Nesta cegueira o malévolo concentra toda sua maldade sem precisar ir a lugar nenhum, fazer coisa alguma, bastando utilizar aquilo que está dentro de nós, oculto na forma de desejos proibidos e facilitar a realização destas vontades. Estas ações do inimigo não fazem parte do mundo material, não está no âmbito carnal, mas na esfera espiritual, assim a nossa luta não está no que o inimigo faz nesta esfera, mas no que nós mesmos fazemos no mundo em que vivemos contra nós ou nossos semelhantes. Comumente vemos em filmes de exorcismo o diabo invadindo o corpo de um animal ou de alguém "possuído" por ele, mais uma vez simbologia. Em nosso mundo, nesta esfera carnal e material, as ações são nossas e elas são determinadas por nossas vontades. Assim, como todos nascemos inclinados ao mal por sermos frutos do pecado, nos tornamos alvos fáceis das intenções do inimigo.
  O veneno da maldade está em conquistar e dominar nossas vontades e nos desviar do caminho que nos conduz á Deus. O inimigo quer nos usar e acabar com os planos de Deus em nossas vidas e para ele não existem freios. Sua vontade é impedir que cheguemos á vitória a que todos temos direito e que nos foi dada por Deus. Na primeira parte do versículo vou frisar as palavras "Sujeitai-vos a Deus". Ora meus amigos e amigas, estar sujeito a Deus não é simplesmente ir á igreja e orar, clamar, gritar aleluias. Nada disso! A sujeição á Deus deve ir além dos templos. Ela deve estar presente na vida do Cristão durante suas 24 horas diárias. Sujeição é fazer a vontade de Deus, do contrário estaremos fazendo a vontade do inimigo.
  O inimigo não está onde pensamos que está e nem é quem pensamos que seja. Ele está mais próximo de nós do que imaginamos. Sua intenção é ser dono, proprietário das suas vontades. Ele quer te usar para fazer o mal e na melhor das hipóteses, se é que existe hipótese melhor, te impedir de fazer o bem. A palavra "Servo" utilizada na Bíblia não só serve para descrever os servos de Deus, aqueles que Ele usa para fazer o bem incondicionalmente, mas ela encaixa-se também nos servos do inimigo, aqueles que fazem unicamente a sua vontade maléfica. Sempre que deixamos de praticar o bem estamos fazendo uma das vontades do inimigo e consequentemente deixando de fazer a vontade de Deus. Deixar o outro em desamparo físico, material ou espiritual quando se pode ajudá-lo não é uma ação divina, mas diabólica.  Este é o veneno da maldade. Assim age o inimigo.
   Deus, em sua infinita misericórdia nos concede a liberdade de arbítrio para tomarmos a decisão de servi-lo ou não, mas como a vida não oferece meio termo, deixar de servir a Deus implica fatalmente em servir ao diabo. Cabe-nos decidir a quem desejamos servir, se a um ou ao outro. E se optarmos por servir ao Senhor, que controlemos as nossas vontades impuras, nossos desejos ocultos e contrários á vontade de Deus para que não estejamos como lobos em pele de cordeiros, infiltrando o mal na casa do Senhor.  

    O presente texto está protegido por Direitos Autorais reservados exclusivamente ao escritor Tony Casanova, sendo vetado seu uso, independente dos fins ou meios utilizados, ainda que no todo ou parte dele, sem a autorização prévia e expressa do autor. Proíbe-se expressamente a divulgação, alteração ou reprodução total ou parcial deste texto sob pena de infração ás Leis de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual constantes na Legislação Brasileira e Internacional. O desrespeito incorrerá em prática de crime passiva das sanções legais cabíveis de punição para o infrator.

....................................................................................................................................

Gospel | reflection | How would the appearance of evil? | The poison of evil. | Tony Casanova

Many artists, designers and artists have tried to play the evil image. Each one always seeks to portray horrible figures with red colors associated with ghoulish character. Obviously this is only symbology. Evil assumes appearance and when manifested not use frightening images, but takes advantage of its ability excels in doing what it does best; deceive and attract his victim. In James Chapter 4 Verse 7 of the book is written:
"Submit yourselves therefore to God, resist the devil and he will flee from you."
   We will carefully analyze these words in the verse of James. then Frisemos a very important word used in it: "Resist". This word shows that we must have resistance to the enemy's onslaughts, but not only that, it indicates that the wrong for us has an appearance almost irresistible. Far from ugly figures painted by various artists, evil manifests for each person according to their unholy desires, their weaknesses hidden, forbidden desires. The greater the will to achieve these desires, the greater the power that the devil will have on us. In fact the evil is the great facilitator agent performing impure desires and contrary to the will of God.
   One of the common fruit of evil in this century is spiritual blindness. In this blindness malevolent concentrates all its evil without having to go anywhere, do anything, simply using what is within us, hidden in the form of forbidden desires and facilitate the realization of these desires. These actions of the enemy are not part of the material world, is not the carnal level, but in the spiritual realm, so our struggle is not what the enemy is in this sphere, but what we do ourselves in the world in which we live against us or our fellowmen. Commonly we see in exorcism movies the devil invading the body of an animal or someone "possessed" by him again symbology. In our world, this carnal and material sphere, the shares are ours and they are determined by our will. So, as we are all born inclined to evil by being fruits of sin, we become easy targets of the enemy's intentions.
  The wickedness of the poison is to conquer and dominate our desires and deviate from the path that leads us to the God. The enemy wants us to use and end the plans of God in our lives and for him there are no brakes. His will is to prevent that we get the victory that we all have rights and given to us by God. In the first part of the verse will emphasize the words "Submit yourselves to God." Now my friends and friends, be subject to God is not just go to church and pray, cry, shout hallelujah. None of that! The subject will God must go beyond the temples. It must be present in the Christian life during their 24 hours daily. Is subject to the will of God, otherwise we will be doing the will of the enemy.
  The enemy is not where we think is and is not who we think we are. He is closer to us than we think. His intention is to own, own their own wills. He wants to use you to do evil and at best, if there is better chance, stop you from doing good. The word "servant" used in the Bible not only serves to describe the servants of God, whom He uses to do good unconditionally, but it also fits us servants of the enemy, those who only do their evil will. Whenever we fail to do the good we are doing one of the enemy's will and consequently failing to do the will of God. Leave the other in physical helplessness, material or spiritual when it can help you is not a divine action, but diabolical. This is the poison of evil. Thus acts the enemy.
   God in his infinite mercy gives us the freedom of will to make the decision to serve him or not, but as life offers no middle ground, stop serving God inevitably implies serve the devil. We must decide who we want to serve, if the one or the other. And if we choose to serve the Lord, we control our impure desires, our hidden desires and contrary to the will of God that we be like wolves in sheep's clothing, infiltrating evil in the house of the Lord.

    This text is protected by copyright reserved exclusively to writer Tony Casanova, being vetoed its use, regardless of the purpose or means used, although in whole or part without the prior and express authorization of the author. It expressly prohibits the disclosure, alteration or total or partial reproduction of this text under penalty of infringement ace Protection Laws of Intellectual Property Rights contained in the Brazilian and International Law. Failure incur practice of passive crime of legal penalties of punishment for the offender.

....................................................................................................................................

Evangelio | la reflexión | ¿Cómo sería la apariencia del mal? | El veneno del mal. | Tony Casanova

Muchos artistas, diseñadores y artistas han tratado de reproducir la imagen del mal. Cada uno siempre busca retratar figuras horribles con colores rojos asociados con carácter morboso. Obviamente esto es sólo simbología. Mal asume la apariencia y cuando se manifiesta no utilizar imágenes aterradoras, pero se aprovecha de su capacidad sobresale en hacer lo que mejor sabe hacer; engañar y atraer a su víctima. En Santiago Chapter 4 Verse 7 del libro está escrito:
"Someteos, pues a Dios, resistid al diablo, y huirá de vosotros."
   Vamos a analizar cuidadosamente estas palabras en el verso de James. a continuación, Frisemos una palabra muy importante que se utiliza en él: "Resist". Esta palabra muestra que debemos tener resistencia a ataques del enemigo, pero no sólo eso, se indica que el mal de nosotros tiene una apariencia casi irresistible. Lejos de figuras feas pintados por diferentes artistas, manifiestos malos para cada persona de acuerdo a sus deseos impuros, sus debilidades ocultas, deseos prohibidos. Cuanto mayor sea la voluntad de lograr estos deseos, mayor es el poder que el diablo va a tener sobre nosotros. De hecho, el mal es el gran agente facilitador de la realización de los deseos impuros y contrario a la voluntad de Dios.
   Uno de los frutos común del mal en este siglo es la ceguera espiritual. En esta ceguera malévola concentra toda su maldad sin tener que ir a cualquier parte, hacer cualquier cosa, simplemente usando lo que está dentro de nosotros, oculto bajo la forma de deseos prohibidos y facilitar la realización de estos deseos. Estas acciones del enemigo no son parte del mundo material, no es el nivel carnal, sino en el ámbito espiritual, por lo que nuestra lucha no es lo que el enemigo es en este ámbito, sino lo que hacemos a nosotros mismos en el mundo en el que vivimos en nuestra contra o nuestros semejantes. Comúnmente vemos en las películas de exorcismo del demonio invadir el cuerpo de un animal o una persona "poseída" por él de nuevo simbología. En nuestro mundo, esta esfera carnal y material, las acciones son nuestras y que están determinadas por nuestra voluntad. Así que, como todos hemos nacido inclinado al mal por ser frutos del pecado, nos convertimos en blancos fáciles de las intenciones del enemigo.
  La maldad del veneno es conquistar y dominar nuestros deseos y desviarse del camino que nos lleva a Dios. El enemigo quiere que uso y fin de los planes de Dios en nuestras vidas y para él no hay frenos. Su voluntad es evitar que conseguimos la victoria que todos tenemos derechos y que nos ha dado Dios. En la primera parte del verso se hará hincapié en las palabras "someteos a Dios." Ahora mis amigos y los amigos, estar sujetas a Dios no se acaba de ir a la iglesia y rezar, llorar, gritar aleluya. ¡Nada de eso! El tema será Dios debe ir más allá de los templos. Debe estar presente en la vida cristiana durante sus 24 horas diarias. Está sujeta a la voluntad de Dios, de lo contrario vamos a hacer la voluntad del enemigo.
  El enemigo no es donde creemos que es y no es lo que pensamos que somos. Él está más cerca de nosotros de lo que pensamos. Su intención es la de poseer, poseer su propia voluntad. Él quiere usarte para hacer el mal y en el mejor, si hay más posibilidades, dejar de hacer el bien. La palabra "servidor" que se utiliza en la Biblia no sólo sirve para describir los servidores de Dios, que Él utiliza para hacer el bien sin condiciones, pero también nos encaja sirvientes del enemigo, los que solamente hacen su mala voluntad. Cada vez que dejamos de hacer el bien que estamos haciendo una de la voluntad del enemigo y por lo tanto no hacer la voluntad de Dios. Deje el otro en la impotencia física, material o espiritual cuando le puede ayudar no es una acción divina, pero diabólica. Este es el veneno del mal. Así actúa el enemigo.
   Dios en su infinita misericordia nos da la libertad de la voluntad de tomar la decisión de servir a él o no, pero a medida que la vida ofrece hay término medio, deja de servir a Dios implica inevitablemente sirven al diablo. Debemos decidir quién queremos servir, si el uno o el otro. Y si elegimos servir al Señor, controlamos nuestros deseos impuros, nuestros deseos ocultos y contrario a la voluntad de Dios que seamos como lobos con piel de oveja, infiltrar el mal en la casa del Señor.


    Este texto está protegido por derechos de autor reservados exclusivamente a guionista Tony Casanova, siendo vetado su uso, independientemente de la finalidad o medios empleados, si bien en su totalidad o parcialmente sin la autorización previa y expresa del autor. Se prohíbe expresamente la divulgación, modificación o la reproducción total o parcial de este texto bajo pena de infracción as Leyes de Protección de los Derechos de Propiedad Intelectual contenidas en la Ley brasileña e internacional. la práctica incurrir fracaso de la delincuencia pasiva de las sanciones legales del castigo por el delincuente.

Seguidores do Google