Internet | A Verdade Sobre Monetização.

   As propostas são muitas, todas oferecendo ganhos e aumento de renda, mas a realidade é oculta em meio aos apelos feitos aos blogueiros para monetizarem seus blogs. Nos últimos cinco anos ocorreu um aumento vultoso no surgimento de plataformas de afiliados para adsense e adword e muitos blogueiros aderiram, como eu, entusiasmados com a perspectiva de aumento de ganhos, porém ao se depararem com a verdade, a frustração foi geral. Na internet hoje oferece-se de tudo, desde cursos, vendas de produtos e serviços, enfim tudo que possa ser vendido e para veicularem seus anúncios, as plataformas precisam do espaço, obviamente espaço que pertence ao blogueiro. Começa então a avalanche de ofertas mirabolantes de ganhos e mais ganhos que só ficam na promessa. A verdade é que a maioria das plataformas de afiliados utilizam o espaço e não pagam por ele. É como se pusessem um comercial na TV e não pagassem pelo uso do espaço, apenas pelas vendas.
  Acontece que além de não pagarem pelo uso do espaço, o controle do que foi realmente vendido é da plataforma, assim se vendeu ou não quem sabe é o anunciante. Vamos então a uma questão importante nesta equação: O blogueiro é donatário por direito, do conteúdo apresentado no blog e o fato de um anunciante estar usando este espaço para expor um ou mais produto ou serviço já qualifica uma remuneração, que é legal e justa. Não é o que acontece! Obrigados a termos contratuais unilaterais, o blogueiro ganha além da preocupação de expor conteúdo frequente e de qualidade em seu blog, o trabalho de arrumar anúncios em banner, verificar tamanhos, cuidar para que não hajam spam, evitar termos linguísticos que quebram contratos, verificar funcionamentos de gadget, enfim estas entre outras obrigações impostas pela plataforma de afiliados. Tudo isto para que lhe pinguem algumas míseras moedas ao final de um mês, isto quando não cai nada, como ocorre com a maior parte das plataformas, que de forma inexplicável, oferecem o valor zerado nos relatórios de pagamentos.
  O mais estranho é entender a matemática que envolve tais plataformas com fórmulas de difícil entendimento, pouca clareza e transparência, obrigando o blogueiro a vasculhar uma infinidade de termos técnicos desconhecidos e complexos. A razão óbvia para que estes fatos ocorram é que não há Lei específica estabelecida para estas atividades, sendo portanto um território monopolizado pelas plataformas. Ao aderir a qualquer sistema de monetização o blogueiro é submetido a um quilométrico contrato digital, na sua maioria cheio de complexidades e truculência. A Unilateralidade dos contratos é provada quando este só estabelece deveres e obrigações imputadas ao blogueiro, mas não ao contratante e vale lembrar que os Foros estabelecidos para a resolução Jurídica de eventuais problemas também é estabelecida em alguns casos, em Países de origem do contratante.
  Imagine seu blog como um outdoor em branco e alguém deseja colocar nele um anúncio, mas que irá lhe pagar se a venda do produto ou serviço oferecido for consumada, sendo a utilização do espaço inteiramente grátis para o anunciante. Pense e responda: - É justo?  É justo que você não entenda quanto irá receber por conta das fórmulas complexas que não lhe permitem saber como foi estabelecido o pagamento? É justo que você possua um espaço cuja forma de uso é estabelecido por terceiros? É justo que se trabalhe oferecendo conteúdo e que alguém exponha sua marca, seu produto ou serviço e não pague pelo espaço utilizado, apenas pelas vendas que eventualmente "afirmar" que fechou?
  Se você me perguntar de qual plataforma eu pude extrair mais benefícios com a monetização eu te diria, sem dúvida a Google Adsense é a melhor, apesar de também estar enquadrada em todos estes problemas que foram citados acima. A Google Adsense realmente paga pelas vendas ou visitas válidas, mas ainda está longe, muito longe de ser perfeita. Nenhuma plataforma paga pelo uso do espaço, apesar de algumas dizerem que fazem isso, todas pagam apenas pelas vendas fechadas, ou seja o espaço e exposição da marca ou produto do anunciante no blog saem de graça, assim a plataforma cobrou do anunciante, usou o espaço, mas não remunerou o blogueiro á espera do fechamento das vendas, promovendo assim propaganda não paga ao blogueiro. E se este mesmo anunciante tentasse isto com uma Emissora de TV, Jornal ou Revista, será que eles só pagariam pelas vendas fechadas?  Esta é a verdade sobre monetização e se você discorda, comente, deixe sua opinião.
  

Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos estão Reservados ao Autor assegurados pelas Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual.

Tony Casanova é Autor das obras: Panorama Das Artes, O amor segundo a Bíblia, No Litoral das Relações - Aprendendo com os Erros, Relações Instáveis - Como Evitar Decepções e O Amor Fala Francês. Você poderá adquirir uma ou mais obras do autor acessando ESTE LINK

........................................................................................................................................................

    
Privacy Policy | The Truth About Monetization.

  The proposals are many, all offering gains and increased income, but the reality is hidden amid the calls made to bloggers to monetize their blogs. In the last five years there has been a huge increase in affiliate platforms for adsense and adword, and many bloggers, like me, have been enthusiastic about the prospect of increased earnings, but when faced with the truth, frustration was general. In the internet today offers everything from courses, sales of products and services, everything that can be sold and to advertise, platforms need the space, obviously space that belongs to the blogger. Then there is the avalanche of miraculous offerings of gains and more gains that only stay in the promise. The truth is that most affiliate platforms use the space and do not pay for it. It's like they put a commercial on TV and do not pay for the use of space, just for sales.
  It turns out that in addition to not paying for the use of space, the control of what was actually sold is the platform, whether or not the advertiser is known. Let us now turn to an important question in this equation: The blogger is a rightful donor of the content presented on the blog and the fact that an advertiser is using this space to expose one or more product or service already qualifies a remuneration, which is legal and fair. It is not what happens! Thanks to unilateral contractual terms, the blogger earns beyond the concern of exposing frequent and quality content in his blog, the work of arranging banner ads, checking sizes, taking care of not spamming, avoiding linguistic terms that break contracts, verifying workings Of gadget, finally these among other obligations imposed by the platform of affiliates. All this so that a few miserable coins peel at the end of a month, this when nothing falls, as with most platforms, which inexplicably offer zero value in payment reports.
  The strangest thing is to understand the mathematics that involves such platforms with formulas of difficult understanding, little clarity and transparency, forcing the blogger to sift through a myriad of unfamiliar and complex technical terms. The obvious reason for these facts to occur is that there is no specific Law established for these activities, and therefore a territory monopolized by the platforms. By joining any monetization system the blogger is subjected to a kilometer digital contract, mostly full of complexities and truculence. The Unilaterality of the contracts is proven when it only establishes duties and obligations imputed to the blogger, but not to the contractor and it is worth remembering that the established Forums for the legal resolution of possible problems is also established in some cases, in countries of origin of the contractor.
  Imagine your blog as a blank billboard and someone wants to put an ad in it, but it will pay you if the sale of the product or service offered is consummated, and the use of the space is entirely free for the advertiser. Think and answer: - Is it fair? Is it fair that you do not understand how much you will receive because of the complex formulas that do not allow you to know how the payment was made? Is it fair that you have a space whose use is established by third parties? Is it fair that you work by offering content and that someone exposes your brand, your product or service and does not pay for the space used, only for sales that eventually "affirm" that you closed?
  If you ask me from which platform I could extract more benefits with monetization I would tell you, no doubt Google Adsense is the best, although also be framed in all these problems that were mentioned above. Google Adsense really pays for sales or valid visits, but it's still far, far from perfect. No platform paid for the use of space, although some say they do, all pay only for closed sales, ie the space and exposure of the advertiser's brand or product on the blog leave for free, so the platform charged the advertiser, used the Space, but did not remunerate the blogger waiting for the sales closing, thus promoting advertisement not paid to the blogger. And if this same advertiser tried this with a TV station, newspaper or magazine, would they only pay for closed sales? This is the truth about monetization and if you disagree, comment, leave your opinion. 

  
Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved to Authorized by the Brazilian and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights.

Tony Casanova is an author of works: Panorama of the Arts, Love according to the Bible, On the Coast of Relationships - Learning from Mistakes, Unstable Relationships - How to Avoid Disappointments and Love French. You may purchase one or more of the author's works by accessing THIS LINK 
.........................................................................................................................................................

   
Internet | La verdad sobre la monetización.

  Las propuestas son muchos, todos los que ofrecen ganancias y aumento de ingresos, pero la realidad se oculta en medio de un llamamiento a los bloggers para obtener beneficios económicos de sus blogs. En los últimos cinco años se registró un aumento considerable en la aparición de plataformas de afiliación para adsense y adword y muchos bloggers se han unido, como yo, excitado por el aumento de la perspectiva de beneficio, pero cuando se enfrentan a la verdad, la frustración fue general. En el Internet hoy en día ofrece todo, desde cursos, las ventas de bienes y servicios, todo lo que se pueden vender y que transmiten sus anuncios, las plataformas necesitan el espacio, obviamente, el espacio que pertenece a la blogger. Entonces comienza la avalancha de ofertas ganancias deslumbrantes y más ganancias son solamente la promesa. La verdad es que la mayoría de las plataformas de afiliados utilizan el espacio y no pagar por ello. Es como si ponen un anuncio en la televisión y no pagan por el espacio sólo para las ventas.
  Resulta que, además de no pagar por el espacio, el control de lo que se vendió en realidad es la plataforma, por lo que si se vende o no sabe que es el anunciante. Vamos a una pregunta importante en esta ecuación: El blogger es donatario por la ley, el contenido que se presenta en el blog y el hecho de que un anunciante a utilizar este espacio para presentar uno o más productos o servicios que ya califica para el pago, que es legal y justo. No es lo que pasa! Obligado a las condiciones contractuales unilaterales, las ganancias blogger más allá de la preocupación de la exposición frecuente y contenido de calidad en su blog, el trabajo para fijar los anuncios de banner, comprobar tamaños, busque que no han correo no deseado, evitar lingüísticamente contratos de ruptura, comprobar carreras aparato, finalmente éstas y otras obligaciones de la plataforma de afiliados. Todo esto para que Piguem algunas monedas miserables al final de un mes, cuando no se caiga nada, al igual que con la mayoría de las plataformas, que ofrecen inexplicablemente el valor cero en los informes de pago.
  Lo más extraño es entender las matemáticas que implica este tipo de plataformas con fórmulas difíciles de entender, la falta de claridad y transparencia, obligando a la bloguera que buscar en una multitud de términos técnicos desconocidos y complejos. La razón obvia de por qué ocurren estos eventos es que no hay una legislación específica se establece para estas actividades, por lo tanto, un territorio monopolizado por las plataformas. Al unirse a cualquier blogger sistema de monetización se somete a un contrato digitales kilométrico, en su mayoría lleno de complejidades y truculencia. La parcialidad de los contratos se establece que esto sólo establece los derechos y obligaciones a cargo del blogger, pero no para el contratista y vale la pena recordar que el Foros establecido para la resolución legal de cualquier problema está bien establecido en algunos casos, los países del contratista de origen.
  Imagine que su blog como una cartelera en blanco y alguien quiere poner un anuncio en él, pero le pagará a vender el producto o servicio que se ofrece se consumó, y el uso del espacio totalmente libre para el anunciante. Piense y responder: - ¿Es justo? Es sólo que no entiende cuánto va a recibir debido a las fórmulas complejas que no permiten saber que el pago se ha establecido? Es sólo que usted tiene un espacio cuya forma de uso se regule por terceros? Es justo trabajar ofrecer contenidos y alguien exponga su marca, su producto o servicio y no pagar por el espacio utilizado sólo para las ventas que con el tiempo "afirman" que cerraron?
  Si me preguntas qué plataforma pude extraer más beneficios con la monetización Le diría que sin lugar a dudas el Google Adsense es la mejor, a pesar de ser también enmarcado en todos estos problemas que se han mencionado anteriormente. Google Adsense realmente pagado por las ventas o visitas válidas, pero todavía está lejos, lejos de ser perfecto. Ninguna plataforma paga por el uso del espacio, aunque algunos dicen que lo hacen todo pagar sólo por las ventas cerradas, es decir, el espacio y la exposición de la marca o anunciante del producto en el blog de forma gratuita, por lo que el anunciante cargada plataforma, utilizada espacio, pero no remunerados blogger esperando cierre de ventas, promoviendo así la publicidad paga el blogger. Y si esto mismo anunciante intentado esto con un emisor de televisión, periódico o una revista, que sólo va a pagar por las ventas cerradas? Esta es la verdad sobre la monetización y si no está de acuerdo, comentario, deja tu opinión.

   Escritor de texto y el autor, Tony Casanova. Todos los derechos están reservados al Autor garantizada por la legislación brasileña y la Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual.

Tony Casanova es autor de obras: Panorama del arte, el amor, según la Biblia, Las Relaciones costeras - Aprender de los errores, relaciones inestables - Cómo evitar decepciones y Habla francés del amor. Usted puede comprar una o más obras del autor, visita ESTE ENLACE

Seguidores do Google