Google+ ou Facebook afinal I Ditadura virtual.


Voce já deve ter percebido a muito tempo que Orkut já era. Com as sucessivas cag... digo, erradas dos desenvolvedores da rede social permitindo uma avalanche de aplicativos maliciosos, spams, e jogos, o Orkut ficou com páginas tão pesadas que levava os usuários a irritação.Os usuários eram submetidos a convites chatíssimos de josgos e brincadeiras a todo instante, sem falar de aplicativos inúteis e irritantes, que deixaram os usuários Digamos que "A beira de ataque de nervos". Estes usuários então migraram para a novata rede social do Mark Zuckerberg, o Facebook. A questão é que estava tudo bem, tudo legal e tal, então o Facebook explodiu e chegou a um bilhão de usuários. Que maravilha não é? A pergunta é: Cresceu ou inchou? O orkut havia inchado e a Google enchia-se de bossa e era aquela chuva desrespeitosa de aplicativos e mudanças a toda hora. Nimguém aguentava mais. Dai o Facebook está seguindo o mesmo caminho e ao que tudo indica, vai perder nocauteado pelo Google+. A cada mudança é isso: Usuários tentando descobrir onde está o que. Fica um feed back: Porque não nos perguntam o que não estamos gostando, o que desejamos que mude e como deve ser mudado? Afinal desenvolvedor e administrador de rede social são para contar dinheiro e desenvolver softwares, mas quem usa somos nós usuários. Sempre que o Facebook insiste com estas sequências de mudançss frequentes na Time Line, Fan Pages e Feed Lines. consegue irritar o usuário e logicamente como não há canal para dizer não quero, mude isso já, ele engole e vai sendo envenenado, até que resolva migrar a outra rede social. A Google e seus desenvolvedores, de olho nestes usuários, trabalha a todo vapor nas funcionalidades do Google+ e ao que parece já tem muitos usuários satisfeitos com a rede. Espero, honestamente, que a Google ao alcançar mais de 500 milhões de usuários, não começe a empurrar propaganda nas páginas, aplicativos inúteis e maliciosos e otras cositas más, como fizeram no Orkut e como fazem no Facebook. O respeito ao usuário, ao que a ele se oferta, deve estar dentro daquilo que ele tolera receber e que de certa forma lhe seja agradável, sem que notadamente seja uma imposição dos desenvolvedores, caso contrário, mata-se a democracia e cria-se a ditadura virtual.

Por Tony Casanova - Direitos Autorais e de Copyright reservados ao autor.
no facebook - tony.casanova1 e tony.casanova.923
no twitter - @tonycasanova001 e @prodacultural

Seguidores do Google