Relacionamento - O par ideal.


Relacionamentos - O par ideal.
Encontrar alguém que possua afinidades já é complicado imagine então sem saber o que se busca na outra pessoa. Os pontos de afinidade variam de pessoa para pessoa e os critérios são individuais. Saber se conhecer é primordial para ter êxito na busca pela pessoa ideal, a tal cara metade. Como então buscar pontos em você mesma para explorar e descobrir aquilo que procura. Alguns caminhos para você guiar-se neste sentido:
O que você curte fazer nos fins de semana? Talvez você ache que esta pergunta nada tem a ver com a nossa questão, mas analise bem e verá que tem tudo a ver sim! Sair nos fins de semana quer dizer que quando Ele ou Ela não quiser sair e o outro decidir que sairá sozinho, aí a situação complica. Se for fácil abrir mão deste gosto pessoal resolve-se tudo muito fácil, mas se a pessoa for apaixonada pela vida de diversão e o outro não, ai começam os conflitos. Isso indica que a pessoa ideal não é aquela que não curte o que você gosta. As pessoas para estarem juntas devem no mínimo aceitar as adversidades do outro ou gostar das mesmas coisas para evitar conflitos.
Que tipo de pessoa você é durante uma situação de conflito? Calma, agressiva, paciente ou irônica? A calma é tudo de bom. Agressividade não leva a nada a não ser gerar conflitos desnecessários, discussões, brigas e até rompimentos. A paciência assosciada a calma produz excelentes resultados e por fim a ironia é capaz de irritar e tirar do sério qualquer alma santa. Se você quiser encontrar alguém que dê certo contigo que possua reações diferentes das tuas, desta forma um calmo abranda um nervoso, mas dois nervosos se matam! Melhor encontrar alguém que tenha qualidades que possam suavizar as tuas.
É válido lembrar que a intenção daqueles que se relacionam é compartilhar a vida. Conciliar as diferenças de gostos, princípios e valores é complicado e por isso é bom pensar nisso antes de envolver-se com alguém. Quando estiver no início da relação, procure descobrir pontos que possam gerar atritos entre ambos e trabalhá-los se possível. Se perceber que é impossível o concílio, melhor não prosseguir com o relacionamento enquanto é tempo.
Espero que você encontre proveito nesta matéria e que ela sirva para iluminar suas decisões. Medite sobre o texto e reflita. Abração.
Texto de Tony Casanova – Direitos Autorais Reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer espécie ou em qualquer meio sem prévia autorização do autor sob pena de infração das Leis Brasileiras de Proteção aos Direitos Autorais.
Copy Right 2014 By Tony Casanova – All Right Reserved.

Seguidores do Google