Cosplay - Diversão e Arte.


Em 1939, durante um evento chamado Worldcon, o ator californiano Forerst J Ackerman usou uma fantasia que foi chamada de future costume. Bastou para que se tornasse uma prática durante o evento anual. Virou coqueluche com direito a concursos e atrações especiais, onde os participantes fantasiavam-se de tudo e agradou em cheio aos amantes dos quadrinhos. Surgia então o Cosplay, palavra que deriva da união dos termos em Inglês “Costume” + “Play” , que pode ser interpretado no Português como Jogos de Fantasia, lógico que está é uma interpretação hipotética. Os Cosplayers, aqueles que costumam exibir suas fantasias, estão cada vez mais empenhados em tornar cada vez mais fiéis as suas fantasias como uma espécie de homenagem aos seus ídolos-personagens.
Um dos estilos de Copslay conhecido hoje são os Mangás ou Animes, que nasceram da iniciativa dos Japoneses na década de 80. Assim que os primeiros adeptos foram vistos no Japão, a prática tornou-se costume, agradando em cheio os criativos Japoneses. Há quem acredite que os Cosplayers japoneses sejam os mais criativos do mundo. Eles realmente dedicam-se a melhoria das técnicas, fantasias e expressões dos personagens conseguindo uma fidelidade impressionante. Quem introduziu o costume no Japão foi um visitante da Worldcon chamado Nobuyuki Takahashi que encantou-se com os Cosplayers do evento. A prática foi levada e exibida em revistas de ficção científicas japonesas e logo foi utilizada pelo evento Comic Markets, criada em 1970 e realizada em
Odaiba, Tókio onde os praticantes utilizavam fantasias de personagens de Mangás, Comics, Animes e VideoJogos. Pode-se afirmar que o Cosplay tornou-se, de certa forma uma parte da Cultura moderna japonesa.
No Brasil os eventos que tornaram sólida a prática do Cosplay foram a MangáCon e AnimeCon e agradou muitos brasileiros. Na década de 90, o surgimento do Anime “Cavaleiros do Zodíaco” trouxe ao País as primeiras convenções de Anime e Mangá. Hoje já existem milhares de simpatizantes do Cosplay espalhados em todo Páis. Deixando de ser domínio apenas do Americanos, passando e ganhando força pelo Japão e chegando a vários outros Países, inclusive o Brasil, o Cosplay é uma prática saudável e produz um efeito visual magnífico durante as exibições.
Não só no Brasil, mas também no mundo inteiro, os praticantes do Cosplay levam muito a sério o que fazem e apesar de para muitos parecer apenas uma brincadeira, um hobby, para eles é uma realização pessoal. Eu gostaria muito de ter exibido muitas imagens de Cosplayers nesta matéria, até contatei algumas cosplayers, mas infelizmente devido a demora na resposta e aos Direitos Autorais, não usei nenhuma imagem, mas tudo que posso dizer é que algumas caracterizações são tão perfeitas que chegam a parecer realmente com o personagem escolhido e por isso alguns praticantes são celebrizados e ganham fama por darem vida aos seus ídolos. Há um imenso nicho de mercado cosplay paralelo ao do cinema, revistas e televisão que já é explorado vastamente no Oriente e até na América do Norte. A prática Cosplay é onde todos são artistas e liberam sua arte para o mundo.

Texto do Escritor Brasileiro Tony Casanova. Direitos Autorais Reservados ao autor.
Copy Right 2014 by Brazilian Writer Tony Casanova. All Rights Reserved.
Fonte de pesquisa: Wikipédia.org

Seguidores do Google