Feliz Aniversário Jesus. [Tony Casanova]


Este é um mês festivo, apropriado ás reflexões e reuniões familiares. Dezembro é o mês da confraternização onde famílias do mundo inteiro promovem um encontro célebre e muito alegre. Tudo isto deve-se ao Natal, suposta época em que se deu o nascimento do homem mais importante do mundo, ele que não era celebridade, mas é conhecido e respeitado por todos, inclusive seus inimigos. Jesus Cristo, o Nazareno, homem simples, nascido em uma manjedoura em Belém, uma província da Judéia, na Palestina, localizada no Oriente Médio. Jesus era portanto um nativo do interior, o que nós chamamos de “caipira” hoje. Filho de pais humildes e trabalhadores, cresceu em um sem pompas, convivendo com a simplicidade do povo local.
De início, logo no seu nascimento e devido a promessa de Deus, Jesus já era uma criança esperada e adorada, mas seus feitos e exemplos foram as razões dele tornar-se verdadeiramente adorável. Sua fé inabalável era motivo de enorme admiração do povo e suas palavras produziam fenômenos inexplicáveis de cura e restauração. Jamais pediu para ser aclamado, mas logo adquiriu seguidores que o descreviam como a um Rei. Um líder que começou a ganhar força diante da população e veio a incomodar as autoridades. Sendo um homem extremamente espiritual, Jesus jamais proferiu um discurso contrário ás autoridades. Ainda no seu nascimento, Jesus e seu poder diante do povo já ofuscava todos, tendo inclusive o Rei Herodes, intentado sua morte, pelo fato de que ele já era esperado como “Filho da Promessa”.
Cercado de pagãos, Jesus era respeitado e adorado, mas a elite de Israel estava contra ele. Jesus então foi conduzido pelos pais que fugiram para o Egito afim de evitar que a criança fosse morta e de lá só retornaram após a morte de Herodes, mas não seguiram à Belém, pois lá governava o filho dele, ficaram então na Galiléia. Esta é uma História que conhecemos, contada de pais para filhos e de geração a geração através dos séculos. Para nós que acreditamos no filho de um Deus vivo, que foi à morte e a venceu tendo ressuscitado ao terceiro dia, o Natal é uma data muito especial. Não para que possamos beber, comer e festejar, mas para que nos alegremos pelo cumprimento da promessa divina e sabermos, sem nenhuma dúvida, que outras promessas se cumprirão. Este é o período ideal para realizarmos tarefas espirituais que deixamos de cumprir, tarefas que nos foram confiadas como missões.
É possível perceber que em muitos casos o Natal não tem sido uma ocasião espiritual e sim carnal, onde muitos se dão ás bebidas, ao sexo, ás drogas, à glutonaria sob pretexto de comemorarem. Infelizmente dá-se uma distorção completa dos valores espirituais da festa natalina. Jesus, em toda sua simplicidade, sua humildade natural, reunia-se com o povo à volta de uma fogueira e lhes falava das promessas divinas. Dizia-lhes do que Deus tinha reservado para seu povo. Jesus clamava que cressem nas suas palavras e conheceriam a Glória de Deus. Revelou-se como o Caminho, a Verdade e a Vida, sem o qual ninguém chegaria ao Pai. Em nosso século porém, muitos esquecem o único propósito do nascimento; a salvação e se entregam à perdição com uma alegria tão falsa quanto seus corações. Não podemos adorá-lo somente em espírito, mas devemos adorá-lo em espírito e em verdade. Não são as nossas palavras que nos tornam dignos de sermos chamados filhos de Deus, mas as nossas ações. São elas que honram o nome do Pai e assim temos a dignidade e o mérito de sermos acolhidos em seus poderosos braços na condição de filhos.
Hoje, aproveito a ocasião para desejar ao aniversariante um Feliz Natal. Não posso desejar-lhe boas festas, sei o quanto tens o coração abatido, mas acredito que haverá sim, uma grandiosa e colossal festa no céu quando houver a confissão e o arrependimento no coração destes que tanto amas e que também eu me incluo. Sei que és e sempre foi um presente para todos nós e que tua presença tem nos livrado das ações inimigas, por isto tua presença é indispensável nas nossas vidas. Por esta razão, aproveitamos para dizer: Feliz Aniversário Jesus.

Fonte: wikipédia. As adaptações de textos e comentários são de autoria do escritor brasileiro Tony Casanova. Direitos Autorais sobre o texto estão reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer natureza ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte dele, sem autorização expressa do autor, sob pena de infração ás Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos Autorais.

Seguidores do Google