Gatos - Os cuidados que devemos ter. [Tony Casanova]


Eles são mimosos e muito carinhosos, possuem um olhar cativante e uma maneira peculiar de “pedir” aquilo que desejam, por isso os felinos são os animais mais adotados por crianças e adultos em todo mundo. Há quem prefira os selvagens como os leões, tigres e até panteras, mas são os gatos, estes fofos animais domésticos que são campeões de adoção pelos humanos. Se fossemos nos espelhar nos gatos aprenderíamos muito com eles, com sua manha, seu jeitinho de conquistar e agradar quando querem alguma coisa.
Divertidos e brincalhões, estes animais quando em fase jovem são capazes de muitas peraltices para nos chamar a atenção, semelhantes a crianças quando ganham brinquedo novo. Que gatinho recusa uma brincadeira com um novelo de lã? Ou uma bolinha de papel? Eles adoram! Gostam de rasgar coisas, saltitar pela casa, correr atrás de nada e esconder-se em cantinho escuros. Quem pretende criar gatos deve saber de algumas peculiaridades destes bichos, principalmente na fragilidade que eles apresentam. Abaixo vou citar alguns riscos que podem afetar os nossos amiguinhos:

Verminoses – Comum entre os gatos, é preciso acompanhar através de exames veterinários, como anda a saúde intestinal do gatinho para evitar que ele contraia alguns tipos de verminoses. Em geral pensamos em gatos e associamos sua alimentação ao leite, mas é ai onde precisamos ter cuidado, afinal o leite estraga facilmente e a sobra que já foi intensamente lambida pelo bichano e esteve em contato com sua saliva e o ar com seus agentes externos, podem infectar o leite com bactérias nocivas ao organismo do animal e por isso deve ser jogado fora e a vasilha bem lavada para que possa ser reutilizada. O ideal é por leite fresco em pequena quantidade e assim que o animal acabar de alimentar-se, jogar a sobra e lavar a vasilha. Outra forma de contaminação dos gatos é o contato com fezes que são deixadas em vasilhas com areia ou naquele cantinho que o bicho faz as necessidades. É importante limparmos e desinfetarmos o local onde ficaram depositadas as fezes e urina para evitar não só o contato do animal, mas também dos seres humanos, já que as fezes e a urina são perigosas também para nós.
Toda alimentação dada ao gato deve ser fresca, evitando-se dar sobras que ficaram guardadas após uma alimentação. Devemos ter cuidado ao oferecemos aos gatos sobras de alimentos para humanos como peixes e carnes. Estes alimentos podem dificultar a digestão do animal e além disso machucar sua boca com espinhas e pequenos pedaços de ossos. Os animais possuem um intestino apropriado para digerir alimentos crús, com gorduras naturais e ausência de químicos como conservantes e aromatizantes, presentes na maioria dos alimentos que ingerimos. Melhor comprar uma alimento apropriado para ele onde a quantidade de nutrientes, a textura e quantidade de gordura sejam dosadas exatamente para o seu intestino. Qualquer alimento que você oferecer o gatinho irá comer, mas nem tudo devemos dar a ele para comer. Melhor gastar com ração do que com consulta ao veterinário.
Uma questão que aflige quem adotou uma gatinha é a procriação , já que após entrarem no cio, estas pequenas criaturas não param de parir. Com um pouco de sorte serão seis novos gatinhos por gestação, mas com muita sorte e dependendo do porte da gata, serão oito lindos gatinhos a miar, urinar, fazer caca e rasgar tudo dentro de casa. Para evitar isto os veterinários utilizam uma injeção que impede a gatinha de procriar, dai ela pode namorar à vontade que não aumenta sua geração e os problemas oriundos das suas crias. Levar os animais para o veterinário pelo menos duas vezes por ano é essencial para fazer exames periódicos e vacinar os animal com vermicidas, vitaminas e outros medicamentos que irão garantir a sua saúde. No mais....miauuuuuuuuuuuu!

Texto do Escritor brasileiro Tony Casanova – Direitos Autorais reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte dele, sem autorização expressa do autor sob pena de infração ás Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. O uso da presente obra sem respeito aos créditos devidos ao autor incorrem em Crime de Plágio.

Seguidores do Google