Lidando com o desejo | Tony Casanova.

Desejo é algo que todos sentimos, mas nem todos sabemos exatamente o que é e quais as suas funções. Sentir desejo por si só já é ótimo, entender e saber utilizar esta ferramenta magnífica é ainda melhor. Imaginemos a vida em seu início, onde aqueles seres primitivos conviveram durante milhares de anos entre pedras, paus e água. Faziam uso, mas pouco conheciam, não sabiam bem como funcionavam. Em nossos tempos ainda há muitas pessoas que sentem desejo, fazem uso dele, mas não entendem muito bem. Que tal tentarmos entender juntos?
Talvez pareça meio poético, mas vou dar uma pequena explicação sobre desejo um pouco inusitada, apenas ilustrando para que você entenda como funciona. O desejo não é algo que já vem pronto, tipo pipoca que explode na panela e pula alvinha, cheirosa e apetitosa. Desejo é algo mais sutil, lento, que é disparado a partir de um olhar, uma palavra, um gesto. Ele nasce a partir de um flerte, uma provocação, uma atitude sedutora ou mesmo um pensamento malicioso. O desejo é algo mágico, que assim como o sol, desperta como que do nada, surgindo assim crescente, dominante. Não é algo que nasce a todo instante, toda hora. Não existem horas e momentos cruciais para que venha o desejo em toda sua plenitude.
Não podemos confundir desejo com tesão, jamais! Tesão é físico, pura e simplesmente. Algo mecânico, coisa de quem está em necessidade. Desejo não! Ele não precisa de necessidade alguma, de hora certa ou momento para acontecer. Desejo e tesão são diferentes porque um é de dentro para fora, o outro de fora para dentro. Totalmente opostos. Em um é preciso toque, contato, mas o outro é capaz de conduzir alguém à loucura mesmo sem proximidade. Isto é desejo, puro desejo. Uma coisa que você sente e não sabe explicar, apenas sente-se dominar por sua força.
Nosso corpo é um emaranhado de terminações nervosas, sensitivas e muitas substâncias que produzem efeitos que o fazem movimentar-se, aumentam sua temperatura, geram sudação, suores quentes e frios, despertam vontades ocultas. O desejo disparado a partir de um pensamento é capaz de dominar um corpo inteiro e dar-lhe sensações que ele nunca havia provado. Quase que incontrolável, algo que domina a mente e todo corpo. Por esta razão é tão difícil descrever o que se sente, são tantas sensações juntas que não dá para situar-se em apenas uma, mas o que resulta desta mistura é o prazer.
Existem pessoas que passaram a vida fazendo sexo sem nunca ter provado o orgasmo pleno, apenas sensações mínimas de prazer e bem estar, mas não o orgasmo de fato. Há quem se ache fria por isto, melhor dizendo “Frígida”, como se costuma dizer. Nem sempre é assim. Sexo não é algo que deva cair na mesmice, na rotina das ações, mas é preciso permitir que sua dinâmica seja sempre atualizada para que surta os efeitos desejados. Acreditar em frigidez sem tentar fazer algo para provar o contrário não resolve nada. Talvez falte diálogo entre as partes, uma boa e esclarecedora conversa que faça ambos entenderem o que precisam fazer para despertarem o desejo um do outro a tal ponto que o orgasmo seja inevitável.
Só porque é difícil de explicar, o desejo não é tão difícil de conseguir. Basta que se esteja disposta a conquistá-lo. Liberte-se, entregue-se, permita-se ter vontades. Procure conhecer teu próprio corpo, entendê-lo e dedique-se a melhorar suas performances com o outro. Ouse, use e abuse, esta é a proposta, portanto saia da sua zona de conforto e permita-se desejar, ser desejada. Existem sensações tão inusitadas e desconhecidas que você poderá descobrir que te farão esquecer todas as que sentiu até hoje. Assim é o desejo e é assim que se lida com ele. Desejo, você o tem, aprenda a lidar com ele.


Texto do Escritor brasileiro Tony Casanova. Direitos Autorais reservados. Proibida a cópia, colagem, reprodução total ou parcial de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio sem autorização prévia e expressa do autor. A violação destes Direitos constitui-se em crime previsto nas Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos Autorais e Propriedade Intelectual e está passiva de punição legal cabível de acordo com a Legislação em vigor. 

...................................................................................................................

Dealing with the desire | Tony Casanova

Desire is something that we all feel, but not all know exactly what is and what their functions. Feel desire by itself is great, understand and know how to use this amazing tool is even better. Imagine life in its beginning where those primitive beings coexisted for thousands of years between rocks, sticks and water. They were using, but little known, did not quite know how they worked. In our times there are still many people who feel desire, make use of it, but do not quite understand. How about we try to understand together?
It may seem poetic means, but I'll give a short explanation about some unusual desire, illustrating just so that you understand how it works. Desire is not something that comes ready, popcorn type that explodes in the pan and jumps alvinha, fragrant and appetizing. Desire is something more subtle, slow, which is fired from a look, a word, a gesture. It rises from a flirt, a tease, a seductive attitude or even a malicious thought. Desire is something magical, that just as the sun awakens as if from nowhere, rising so high, dominant. It is not something that is born every minute, every hour. There are hours and crucial moments for the coming of the desire in all its fullness.
We can not confuse desire horny, ever! Horny is physical, pure and simple. Something mechanical, something for those in need. I do not wish! He does not need any need, in a time or moment to happen. Desire and lust are different because one is from the inside out, the other from the outside. Totally opposite. It takes on a touch contact, but the other is able to drive someone crazy even without proximity. It is this desire, pure desire. One thing that you feel and can not explain, just feels dominated by its force.
Our body is a tangle of nerve endings, sensory and many substances that produce effects that make you move, increase its temperature, generate sweating, hot and cold sweats, awakens hidden desires. Desire fired from a thought is able to master a whole body and give you feelings that he had never tasted. Almost uncontrollable, which dominates the mind and whole body. For this reason it is so hard to describe what it feels like, so many feelings together that you can not be located in just one, but what results from this mixture is pleased.
There are people who have spent their lives having sex without ever having tasted the full orgasm, only minimal feelings of pleasure and well-being, but not the fact of orgasm. There are those who find cold for this, rather "Frigid" as they say. It's not always like that. Sex is not something to fall into sameness and routine actions, but you need to allow their momentum is always updated to freak out the desired effects. Believe frigidity without trying to do something to prove otherwise does not solve anything. Perhaps lacking dialogue between the parties, a good and enlightening conversation that makes both understand what they need to do to awaken the desire of each other to such a degree that orgasm is inevitable.
Just because it's hard to explain, desire is not so difficult to achieve. Just who is willing to earn it. Free yourself, give yourself, allow yourself to have wills. Get to know your own body, understanding it and is dedicated to improving their performances with each other. Ouse, use and abuse, this is the proposal, so get out of your comfort zone and allow yourself to want to be desired. There are so unusual and unknown sensations that you can find that will make you forget all that felt to this day. So is the desire and that's how you deal with it. Desire, you must learn to deal with it.

Text Brazilian writer Tony Casanova. Copyright reserved. The copying, collage, total or partial reproduction of any kind or dissemination in any medium without prior written permission of the author. Violation of these rights constitutes a crime under Brazilian law and the protection of the International Copyright and Intellectual Property and is passive legal punishment applicable according to the legislation in force.

........................................................................................................................

Lidiar con el deseo | De Tony Casanova

El deseo es algo que todos sentimos, pero no todos saben exactamente lo que es y cuáles son sus funciones. Sentir el deseo por sí mismo es grande, entender y saber cómo utilizar esta herramienta asombrosa es aún mejor. Imagina la vida en su inicio, donde esos seres primitivos convivieron durante miles de años entre rocas, palos y agua. Estaban usando, pero poco conocidos, no sabía muy bien cómo funcionaban. En nuestros días todavía hay muchas personas que se sienten deseo, hacen uso de ella, pero no entiendo muy bien. ¿Qué tal si tratamos de entender juntos?
Puede parecer medios poéticos, pero voy a dar una breve explicación sobre algún deseo inusual, lo que ilustra simplemente para que pueda entender cómo funciona. El deseo no es algo que viene listo, el tipo de palomitas de maíz que explota en la sartén y salta alvinha, fragante y apetecible. El deseo es algo más sutil, lenta, que se disparó desde una mirada, una palabra, un gesto. Se levanta de una coqueta, una tomadura de pelo, una actitud seductora o incluso un pensamiento malicioso. El deseo es algo mágico, que justo cuando el sol despierta como de la nada, el aumento tan alto, dominante. No es algo que nace cada minuto, cada hora. Hay horas y momentos cruciales para la venida del deseo en toda su plenitud.
No podemos confundir el deseo cachonda, nunca! Córnea es físico, puro y simple. Algo mecánico, algo para los necesitados. No quiero! Él no necesita ninguna necesidad, en un tiempo o momento de ocurrir. El deseo y la lujuria son diferentes porque uno es de adentro hacia afuera, el otro desde el exterior. Totalmente opuesto. Se necesita en un contacto táctil, pero el otro es capaz de conducir a alguien loco, incluso sin la proximidad. Es este deseo, el deseo puro. Una cosa que se siente y no se puede explicar, simplemente se siente dominado por su fuerza.
Nuestro cuerpo es una maraña de terminaciones nerviosas, sensitivas y muchas sustancias que producen efectos que hacen que usted se mueve, aumenta su temperatura, genera sudoración, sudores fríos y calientes, despierta deseos ocultos. Desire disparado desde un pensamiento es capaz de dominar un cuerpo entero y le dará sensaciones que nunca había probado. Casi incontrolable, que domina la mente y el cuerpo entero. Por esta razón es tan difícil de describir lo que se siente, tantos sentimientos juntos que no se puede encontrar en un solo, pero lo que resulta de esta mezcla se complace.
Hay personas que han pasado sus vidas a tener relaciones sexuales sin haber probado el orgasmo completo, sólo sentimientos mínimas de placer y bienestar, pero no el hecho de orgasmo. Hay quienes encuentran fría para esto, más bien "frígida", como dicen. No siempre es así. El sexo no es algo para caer en acciones igualdad y de rutina, pero es necesario para permitir que su impulso es siempre actualizado para flipar los efectos deseados. Creer frigidez sin tratar de hacer algo para demostrar lo contrario, no resuelve nada. Tal vez carente de diálogo entre las partes, una conversación buena y esclarecedor que hace que tanto entienden lo que tienen que hacer para despertar el deseo de la otra en un grado tal que el orgasmo es inevitable.
Simplemente porque es difícil de explicar, el deseo no es tan difícil de lograr. Sólo que está dispuesto a ganarla. Libérate, dése, permítete tener voluntades. Conozca a su propio cuerpo, su comprensión y se dedica a la mejora de sus actuaciones con la otra. Ouse, uso y abuso, se trata de la propuesta, por lo que salir de su zona de confort y permítase quieren que desear. Hay sensaciones tan insólitos y desconocidos que puedes encontrar que te hará olvidar todo lo que sentían en la actualidad. Así es el deseo y eso es cómo tratar con él. Deseo, usted debe aprender a lidiar con ella.

Texto escritor brasileño, Tony Casanova. Derechos de autor reservados. La copia, el collage, la reproducción total o parcial de cualquier tipo o difusión en cualquier medio sin permiso previo y por escrito del autor. La violación de estos derechos constituye un delito según la legislación brasileña y la protección de la Internacional de Autor y Propiedad Intelectual y es castigo legal pasiva aplicables según la legislación vigente.

Seguidores do Google