Reflexão | Encarando a realidade | Tony Casanova

Que tal conversarmos seriamente e sermos honestos um com o outro? Que tal encararmos a realidade nua e crua tal qual ela é? Nenhuma matéria que escrevo ou escrevi neste Blog ou qualquer outro meio, tem outra intenção senão levá-lo(a) à reflexão dos seus próprios atos. A única forma de chegar até você é colocando os fatos e deixando-o à vontade para pensar suas ações, a partir dai, resolvendo se deve prosseguir ou não agindo desta ou daquela forma. É você quem decide e é isto que faço aqui. Não faço matérias para agradar público A , B ou C, faço matérias para todos os públicos e viso o benefício de todos através de uma reflexão profunda dos seus próprios atos. Vamos tentar?

A Realidade.

Tudo que é real é imutável, não somos nós que determinamos como deve ser a realidade, ela existe e ponto! Não é porque quero que seja que será. Não somos os senhores da verdade e por mais que nos esforcemos para ser, jamais seremos. O que é real é concreto, existe independente da nossa vontade e há várias maneiras de descobrirmos o que é real: Através da exposição de ações, fatos ou documentos. Não adianta dizermos algo e agirmos em desacordo, prevalece sempre a ação e não as palavras. Os fatos são a exposição da verdade, independente de como aconteceram, eles provam o acontecimento. Documentos são outra forma de provar intenções e caso sejam verídicos, estes se tornam fatos. Tudo isto é real. Não se foge da realidade, ainda que se deseje.

As Ilusões.

Esta é a parte onde está aquilo que gostaríamos de ser. Óbvio que se gostaríamos é porque não somos, mas apesar da distância enorme entre ser uma coisa e querer ser outra, muitas vezes nos iludimos e até iludimos a outros tentando parecer o que não somos. Fingimos ser quem não somos porque não gostamos de nós mesmos e acreditamos que aqueles que se aproximam também não irão gostar. Ai vem aquelas ações comuns; se somos gordos, mostramos nas fotos apenas o nosso rosto bonito, se somos magros, expomos apenas os lábios e assim segue-se uma sucessão de ocultações de fatos. Agora vamos de fato ao que acontece: Mente-se. É verdade, se somos gordos ou magros, feios, negros ou seja lá que critério usemos para nos classificarmos e procuramos ocultar isso das pessoas transmitindo apenas parte do que somos, mentimos. Talvez você ache linda a palavrinha chamada omissão, mas saiba que mentir e omitir redundam na mesma falha. Não importa se você mente ou omite a verdade, o fato é que deixou de expor a verdade a quem merecia tê-la.
É cruel acreditar que a vida seja assim, mas de fato não há nada, absolutamente nada que façamos que não venhamos a ter consequências. Se for bom o que fizemos, ótimo! Boas coisas virão, mas se foi ruim, não espere coisa boa não. Há um sábio adágio que diz que colhemos aquilo que plantamos, então se temos a oportunidade de escolher as sementes, devemos cuidar do solo e plantar nele o que desejamos colher. Por hoje fico por aqui, beijo no coração e até a próxima.


Texto do Escritor brasileiro Tony Casanova. Direitos Autorais reservados. Proibida a cópia, colagem, reprodução total ou parcial de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio sem autorização prévia e expressa do autor. A violação destes Direitos constitui-se em crime previsto nas Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos Autorais e Propriedade Intelectual e está passiva de punição legal cabível de acordo com a Legislação em vigor.
.....................................................................................................

Reflection | Facing reality | Tony Casanova

That such talk seriously and be honest with each other? How about we face the stark reality as it is? No matter what I write or have written in this blog or any other means, have other intention but to take it (a) the reflection of their own actions. The only way to get to you is by placing the facts and leaving him free to think their actions, from there, deciding whether to continue or not acting this way or that. You decide and this is what I'm doing here. I have no materials to please the public A, B or C, do matters to all public and vision the benefit of all through a profound reflection of their own actions. We will try?

The reality.

All that is real is immutable, is not we who determine how it should be reality, it exists and point! Not because I want it to be. We are not the masters of truth and no matter how hard we try to be, we will never be. What is real is concrete, it exists independent of our will and there are several ways to find out what is real: Through the exhibition actions, events or documents. No use we say something and act in disagreement, always prevails action and not words. The facts are exposing the truth, regardless of what happened, they prove the event. Documents are another way to prove intent, and if they are truthful, they become facts. All of this is real. Do not run away from reality, even if desired.

Illusions.

This is the part which is what we would like to be. Obviously if we would like it is because we are not, but despite the huge distance between being one thing and wanting to be another, often delude ourselves and to deceive the other trying to be what we are not. We pretend to be who we are not because we do not like ourselves and we believe that those who approach also will not like it. Here comes those common shares; if we are fat, shown in photographs just our beautiful face if we are thin, we expose only the lips and so it follows a succession of concealment of facts. Now let's actually what happens: Mind up. True, if we are fat or thin, ugly, black or whatever the criteria we use to qualify and seek to hide it from the broadcasters only part of what we are, we lie. You may find the beautiful word called omission, but know that lying and omitting redound in the same failure. No matter whether you lie or hide the truth, the fact is that left to expose the truth to someone who deserved to have her.
It is cruel to believe that life is so, but in fact there is nothing, absolutely nothing we do that we will not have consequences. If it is good what we did, great! Good things will come, but if it was bad, do not expect anything good does not. There is a wise adage that we reap what we sow, so if we have the opportunity to choose the seed, we should take care of the soil and planting it what we want spoon. For today I will stop there, kiss the heart and into the next.

Text Brazilian writer Tony Casanova. Copyright reserved. The copying, collage, total or partial reproduction of any kind or dissemination in any medium without prior written permission of the author. Violation of these rights constitutes a crime under Brazilian law and the protection of the International Copyright and Intellectual Property and is passive legal punishment applicable according to the legislation in force.

.........................................................................................................

Reflexión | Frente a la realidad | De Tony Casanova

Que tal charla en serio y ser honestos con los demás? ¿Qué tal nos enfrentamos a la cruda realidad tal como es? No importa lo que escriba o he escrito en este blog o cualquier otro medio, tienen otra intención sino para llevarlo (a) el reflejo de sus propias acciones. La única manera de llegar a usted es mediante la colocación de los hechos y dejándolo libre para pensar sus acciones, a partir de ahí, decidir si continuar o no actuar de esta manera o lo otro. Usted decide y esto es lo que estoy haciendo aquí. No tengo material para complacer al público A, B o C, lo importa a todos los públicos y la visión en beneficio de todos a través de una profunda reflexión de sus propias acciones. Vamos a tratar?

Realidad.

Todo lo que es real es inmutable, es decir, no somos nosotros los que determinamos cómo debe ser la realidad, existe y punto! No porque yo quiero que sea. Nosotros no somos los dueños de la verdad y no importa cuánto nos esforcemos para ser, nunca seremos. Lo que es real es concreto, que existe independientemente de nuestra voluntad y hay varias maneras de averiguar lo que es real: A través de la exposición acciones, eventos o documentos. Ningún uso que decir algo y actuar en desacuerdo, siempre prevalece la acción y no palabras. Los hechos están exponiendo la verdad, a pesar de lo sucedido, demuestran el evento. Los documentos son otra manera de probar la intención, y si son veraces, que se conviertan en hechos. Todo esto es real. No huyas de la realidad, incluso si lo desea.

Ilusiones.

Esta es la parte que es lo que nos gustaría ser. Obviamente, si nos gustaría que se debe a que no somos, pero a pesar de la enorme distancia entre ser una cosa y querer ser otro, a menudo engañamos a nosotros mismos y engañamos a la otra tratando de ser lo que no somos. Nosotros pretendemos ser lo que no somos, porque no nos gusta de nosotros mismos y creemos que los que se acercan también no le gustará. Aquí viene esas acciones ordinarias; si somos gordos, que se muestra en las fotografías sólo nuestra hermosa cara si somos delgada, exponemos sólo los labios y lo que sigue una sucesión de ocultamiento de los hechos. Ahora vamos en realidad lo que sucede: mente para arriba. Es cierto, si estamos gordo o flaco, feo, negro o lo que sea el criterio que utilizamos para calificar y tratar de ocultarlo de los organismos de radiodifusión sólo una parte de lo que somos, mentimos. Usted puede encontrar la palabra hermosa llamada omisión, pero sabe que la mentira y omitiendo sobreabunde en el mismo fracaso. No importa si usted miente u ocultar la verdad, lo cierto es que dejó de exponer la verdad a alguien que merecía tener ella.
Es cruel para creer que la vida es así, pero en realidad no hay nada, absolutamente nada que hacer que no vamos a tener consecuencias. Si es bueno lo que hicimos, ¡genial! Las cosas buenas vendrán, pero si era malo, no esperar nada bueno no lo hace. Hay un adagio sabio que cosechamos lo que sembramos, así que si tenemos la oportunidad de elegir la semilla, se debe tener cuidado de la tierra y la siembra de que lo que queremos cuchara. Para hoy voy a parar allí, besar el corazón y en el siguiente.

Texto escritor brasileño, Tony Casanova. Derechos de autor reservados. La copia, el collage, la reproducción total o parcial de cualquier tipo o difusión en cualquier medio sin permiso previo y por escrito del autor. La violación de estos derechos constituye un delito según la legislación brasileña y la protección de la Internacional de Autor y Propiedad Intelectual y es castigo legal pasiva aplicables según la legislación vigente.

Seguidores do Google