Internet | A terra de ninguém | Tony Casanova

Dizem que a globalização tornou a internet uma terra de todos e por assim dizer, uma terra de ninguém.  A migração dos usuários neste novo meio de divertimento é maciça e agradou tanto que muitos trouxeram malas e cuias, nos dando a impressão de que respiram e vivem somente aquilo que postam. Mas a grande surpresa está no comportamento adotado pela grande maioria, principalmente aqueles que estão em redes chamadas sociais. Talvez por nunca termos tido acesso a tantos manifestos, assuste ver tantos rituais de preconceito, ostentação e intolerância nas redes sociais.
   Evidentemente que algo que se faz em público não é idêntico ao que se faz em privado, mas muitos esquecem que as redes são públicas e se comportam como se estivessem em seus próprios quartos, afinal é lá que está o Laptop, o Notebook, o Desktop. É comum vermos imagens mostrando ações que demonstram o grau de preconceito dos usuários e as suas vontades insanas de praticar Bullying. Há quem curta, compartilhe e divirta-se com tudo; pessoas expostas em situação ridícula, obesos, velhos, anoréxicos, negros, enfim tudo que fuja dos chamados "padrões" de normalidade e obviamente, em que não se enquadre aquele que criou, que curtiu ou compartilhou. Uma verdadeira raça Ariana Virtual.  
  Claro que há quem fique aterrorizado com tudo isto, mas infelizmente não é nestas ações que estão os maiores problemas dos usuários de redes sociais. Como tudo é através da máquina e ela precisa do acionamento de botões para funcionar, os usuários utilizando este artefato, adaptaram isso ás suas relações pessoais na internet. Desta forma, criou-se o Amor Lógico (termo criado por mim) para reger e comandar as ações nas redes sociais. Tudo funciona na base da lógica, Sim ou Não, onde descarta-se pessoas com a mesma velocidade que se adiciona, independente do que se tenha dito ou vivido, o descarte de pessoas é uma situação comum. Resume-se tudo ao clicar de um botão, descartando-se amizades e amores que por esta ou aquela razão, não interessam mais.
   Tal fato deve-se á realidade de que a internet é um campo de opções variadas e facilidades de acesso amplas, assim que descarta hoje, logo tem várias opções para por no lugar. É como aquele vendedor da feira gritando: Hoje tem pra escolher!  São raros os casos em que as diferenças são respeitadas e mais que isso; aceitas. Conversa-se com alguém com o dedo pronto no botão de descarte da intolerância e ao menor sinal de discórdia, aperta-se e descarta-se o desafeto.  Estes são os novos padrões comportamentais exibidos em rede e pelo modo como aumenta o número de praticantes, não tardarão a vir mais adeptos. São estas práticas que apesar de parecerem inofensivas, tem abalado e produzido enormes sequelas nas pessoas mais sensíveis.
  Lembrei-me da história do avestruz que esconde a cabeça supostamente envergonhado e deixa á vista todo restante do corpo. É óbvio que não fazemos nada em público que deixe de ser publicamente visto e o pior julgado. Após termos praticado uma infinidade de atos insanos, não dá para pagar de bonzinho e querer jogar areia em cima dizendo-se inocente. Cada postagem escreve uma história e mostra claramente seu comportamento. Cada comentário reflete aquilo que você pensa e cada curtida demonstra aquilo que você deseja, mas é como você trata pessoas que fica explícito quem você é. 

   Texto do Escritor brasileiro Tony Casanova. Direitos Autorais reservados. Proibida a cópia, colagem, reprodução total ou parcial de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio sem autorização prévia e expressa do autor. A violação destes Direitos constitui-se em crime previsto nas Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos Autorais e Propriedade Intelectual e está passiva de punição legal cabível de acordo com a Legislação em vigor.

...........................................................................................................

Internet | The no man's land | Tony Casanova

They say that globalization has made the Internet a land of everyone and so to speak, a wasteland. The migration of users in this new way of fun is massive and so pleased that many brought bags and gourds, giving us the impression that breathe and live only what post. But the big surprise is in the great majority adopted behavior, especially those who are in social networks calls. Perhaps we never have had access to so many manifestos, alarmed to see so many rituals of prejudice, ostentation and intolerance on social networks.
   Obviously something you do in public is not identical to what is done in private, but many forget that the networks are public and behave as if they were in their own rooms, after all that's where the Laptop, Notebook, Desktop . It is common to see images showing actions that demonstrate the degree of prejudice of users and their insane desire to practice Bullying. Some short, share and enjoy with everything; people exposed in ridiculous situation, obese, old, anorexics, black, everything to flee the so-called "standards" of normality and obviously that does not fit the one who created that likes or shared. A true Aryan race Virtual.
  Of course there are those who get terrified by all this, but unfortunately it is these actions that are the largest social network users problems. As everything is through the machine and it needs buttons drive to work, users using this device, adapted it to your personal relationships on the internet. In this way, it created the Logical Love (term coined by me) to govern and control the actions on social networks. Everything works on the basis of logic, yes or no, where rule is people with the same speed that is added, regardless of what has been said or lived, the disposal of people is a common situation. It comes down all at the click of a button, discarding friendships and loves for one reason or another, do not matter anymore.
   This fact is due to reality that the internet is a field of different options and wide access facilities, so rule out today, then have several options to put in place. It's like that salesman shouting fair: Today has to choose! There are rare cases where differences are respected and more than that; accepted. Talk to someone with your finger ready on intolerance discard button and lower discord signal, tightens and discards up the disaffected. These are the new behavioral patterns displayed in the network and the way increases the number of practitioners will soon come more fans. These are practices that while seemingly harmless, has shaken and produced enormous consequences in the most sensitive people.
  I remembered the story of the ostrich that hides its head supposedly embarrassed and let you view the entire rest of the body. Obviously we not do anything in public that cease to be publicly seen and the worst trial. After having practiced a multitude of insane acts, you can not pay dear and want to throw sand on saying he was innocent. Each posting writes a story and clearly shows their behavior. Each comment reflects what you think and every leathery shows what you want, but it's how you treat people is explicit who you are.

   Text Brazilian writer Tony Casanova. Copyright reserved. The copying, collage, total or partial reproduction of any kind or dissemination in any medium without the express prior permission of the author. Violation of these rights constitutes a crime under the Brazilian law and protection of the International Copyright and Intellectual Property and is passive legal punishment applicable according to the legislation in force.

....................................................................................................

Internet | La tierra de nadie | tony Casanova

Dicen que la globalización ha hecho de Internet una tierra de todos y por así decirlo, un terreno baldío. La migración de los usuarios en esta nueva forma de diversión es enorme y muy contentos de que muchas de ellas llevadas bolsas y calabazas, que nos da la impresión de que respirar y vivir sólo lo puesto. Pero la gran sorpresa es en la gran mayoría comportamiento adoptado, especialmente los que están en las redes sociales llamadas. Tal vez nunca hemos tenido acceso a tantos manifiestos, alarmados al ver tantos rituales de los prejuicios, la ostentación y la intolerancia en las redes sociales.
   Obviamente, algo que se hace en público no es idéntico a lo que se hace en privado, pero muchos olvidan que las redes son públicas y se comportan como si estuvieran en su propia habitación, después de todo, que es donde la Laptop, Notebook, Desktop . Es común ver imágenes que muestran las acciones que demuestran el grado de perjuicio de los usuarios y su insano deseo de practicar la intimidación. Algunas pocas palabras, compartir y disfrutar con todo; las personas expuestas en ridículo, obesos, viejos, anoréxicos, negro, todo para huir de los llamados "estándares" de normalidad y, obviamente, que no encaja en el que creó que le gusta o compartida. Una verdadera raza aria virtual.
  Por supuesto, hay aquellos que se aterrado por todo esto, pero por desgracia son estas acciones que son los mayores problemas a los usuarios de la red social. Como todo es a través de la máquina y que necesita botones conducen al trabajo, a los usuarios que utilicen este dispositivo, adaptados a sus relaciones personales en Internet. De esta manera, se creó la lógica del amor (término acuñado por mí) para gobernar y controlar las acciones en las redes sociales. Todo funciona sobre la base de la lógica, sí o no, donde la regla es la gente con la misma velocidad que se añade, independientemente de lo que se ha dicho o ha vivido, la disposición de las personas es una situación común. Todo se reduce todo con el clic de un botón, descartando las amistades y ama por una razón u otra, ya no importan.
   Este hecho se debe a la realidad de que la Internet es un campo de diferentes opciones y facilidades de acceso de ancho, por lo que descarta la actualidad, a continuación, tiene varias opciones para poner en su lugar. Es como ese vendedor gritando justo: Hoy en día tiene que elegir! No son raros los casos en que las diferencias sean respetadas y más que eso; aceptado. Hablar con alguien con el dedo listo el botón de la intolerancia de descartes y menor señal de discordia, se contrae y se descarta a los descontentos. Estos son los nuevos patrones de comportamiento que aparecen en la red y la forma en que aumenta el número de practicantes pronto llegará a más aficionados. Estas son prácticas que, aunque aparentemente inofensivo, ha sacudido y producido enormes consecuencias en las personas más sensibles.
  Recordé la historia del avestruz que esconde la cabeza supuestamente avergonzado y le permite ver todo el resto del cuerpo. Es evidente que no hacer nada en público que dejan de verse públicamente y lo peor juicio. Después de haber practicado una multitud de actos demenciales, que no puede pagar querido y quiere tirar arena en diciendo que era inocente. Cada publicación escribe una historia y muestra claramente su comportamiento. Cada comentario refleja lo que piensa y correosa cada muestra lo que quiere, pero es la forma en que trata a las personas es explícita lo que eres.


   Texto escritor brasileño, Tony Casanova. Los derechos de autor reservados. La copia, el collage, la reproducción total o parcial de cualquier tipo o difusión en cualquier medio sin la previa autorización expresa del autor. La violación de estos derechos constituye un crimen bajo la ley brasileña y la protección de la Internacional de Autor y la Propiedad Intelectual y es castigo legal pasiva aplicables de acuerdo con la legislación vigente.

 

Seguidores do Google