Melhorando a qualidade nas relação afetivas.

Olá amigos leitores e leitoras, bem vindos ao Blog Pura Cultura. Nosso tema hoje refere-se as relações afetivas, que são diversas, como relações fraternais(amigos), parentais(família), relações conjugais(marido e mulher), paternais(pais e filhos), sociais(sociedade). Vamos ao princípio como sempre faço: Relações porque envolve duas ou mais pessoas e Afetivo porque envolve a mutualidade, a reciprocidade de afeto. Quando envoltos numa relação, seja ela de que gênero for, devemos ter a plena consciência de que uma relação funciona em regime de troca afetiva, de atitudes sadias e que levem ao crescimento e fortalecimento do laço afetivo criado entre os envolvidos. Há um engano sério nas pessoas pensarem que podem receber afeto sem doá-lo, obviamente afeto produz afeto e muitas vezes em proporções bem maiores as que foi doado. Um laço afetivo é um conjunto de sentimentos que "amarra" as relações e destes sentimentos é que surgem as atitudes que irão beneficiar os relacionados. Quando há envolvimento e não ocorrem atitudes benéficas a ambos, isto é prenuncio da ausência de sentimento ou o pior, em último caso pode denunciar um falso envolvimento.Quando um ou apenas alguns se envolvem e outro ou outros não, esta ausência de envolvimento acabará produzindo uma carência de atitudes e consequentemente levará o envolvido faltoso ao descrédito e fatalmente a exclusão. Uma boa relação se constrói com amizade, respeito, generosidade, carinho, tolerância, compreensão, frutos que cativam e alimentam o crescimento de qualquer relação. Ressaltando que qualidade é tudo que torna para melhor, que supera expectativas e confere maior valor que o estimado, portanto buscar a qualidade nas relações é procurar melhorá-la, revendo pontos negativos naquilo que se oferece, buscando sempre diálogo maduro, sensato e coerente sobre as questões que se deseja abordar e mostrar sempre, através de atitudes, que se busca o melhor para o relacionamento. Nas relações afetivas, jamais devemos confundir gentileza com amizade, com amor. Nem todas as gentilezas são verdadeiras assim como nem todos os gentis são sinceros, mas a gentileza sempre é ótima parceira nos relacionamentos, afinal gentileza gera gentileza, mas é importante ressaltar que as gentilezas são apenas um dos passos para a abertura de um diálogo ou uma ação, mas as atitudes é que provam a veracidade e o envolvimento daqueles com quem se esta relacionado. Nada prevalece sobre as atitudes. Há uma tendência natural do ser humano ser gentil quando não está exposto a situação de conflito, mas existem pessoas que conseguem superar esta tendência e dar maior qualidade em suas relações. Toda relação frutifica quando nos superamos das tendência naturais como ciúmes, falsidades, rancores, ódios, mágoas, amarguras, enfim, toda sorte de sentimentos que temos motivados pelas tendência naturais humanas. Um dos cuidados a serem tomados por aqueles que desejam melhorar a qualidade de suas relações é seguir esta regrinha básica: Se voce está cheio de algum sentimento ruim, do tipo ciúme, raiva, mágoa, rancor ou qualquer outro desejo que não seja bom, procure não motivar-se a cometer ações nestes períodos, pois suas atitudes para com aqueles com quem voce se relaciona não serão positivas, não serão boas e trarão resultados péssimos para todos. Ponto forte e bastante positivo é o fato de voce preocupar-se sempre em melhorar seus relacionamentos, procurando policiar-se nas palavras e atitudes, observando que resultados obteve e buscando conversar sempre para colher a opinião do outro. Bem, espero que voce usufrua deste texto, reflita e melhore realmente seus relacionamentos. grande abraço e até a próxima. Por Tony Casanova - Todos os Direitos Autorais e Copyright estão reservados ao autor.

Seguidores do Google