O assunto é: Paixão.


Que dizer da paixão afinal? Que ela é um bem, que é um mal? Posso afirmar que não há nada que possa detê-la, que não há nenhum outro sentimento tão desenfreado, incontido, que de tão sagrado chega a ser confundido com a sutileza do pecado. Mas nenhuma paixão é inocente, não totalmente, também nenhuma paixão é malefício! Todas elas tem seus males e todas tem seus benefícios. As paixões são loucas, inconsequentes, dominam a vida e dominam a gente, a paixão é calor, é fogo, é frio. Coração que gela, corpo que queima e tem calafrios. A paixão é o combustível da vida, a esperança da alma vazia, é o encontrar da alegria perdida, é o querer loucamente a quem não se queria. Inexplicável como tudo que vem do amor, a paixão é o sofrer com fé, o acreditar na dor, a certeza plena do que é. O estar apaixonado é estar vivo, sorrir com novas cores, é viver momentos decisivos, é provar novos amores. A vida descreve as paixões como pinturas belíssimas em maravilhosas telas, cada paixão pinta uma nova vida e em cada vida uma aquarela.
As paixões são sempre carros sem freio, onde não há tempo ou idade para vivê-las, apenas o espaço em peitos vazios que se preenche e que parece não cabê-las. Paixões são corpos deliciosamente trançados, suados, calados, aquecidos e sequiosos, são momentos infinitos, momentos bonitos e gostosos, mas paixões vão além do físico, muito além. Elas mexem com o corpo sim, mas mexem na alma também. As paixões são libertadoras de seres aprisionados nos tabus, nos preconceitos, nas imensas ressalvas humanas, as paixões curvam homens e mulheres e exalta aos píncaros auspícios a coragem dos que amam. A paixão não escolhe corpo, peso, cor, idade ou condição, apenas premia aos que a ela se rendem e lhe abrem o coração. Há tanto a ser dito sobre a paixão que eu, ao invés de descrevê-la, em toda sua magnitude, prefiro vivê-la intensa e diariamente em toda sua intensidade.

Texto de Tony Casanova - Direitos Autorais reservados ao autor.
Facebook - tony.casanova1
Twitter - prodacultural

Seguidores do Google