Política - Homenagem ao Deputado Tiririca.


Nascido de família humilde, acostumado às lutas domésticas e ligado a vida artística circense, um palhaço cearense desabrocha no Brasil e cativa o coração dos brasileiros. Um povo que semelhante a sua família, enfrenta lutas diárias para sobreviver, um povo aguerrido e acima de tudo nobre. Das lonas aos palcos dos grandes programas de televisão, o palhaço Tiririca encontrou na televisão uma forte
aliada e com ela alavancou sua carreira, deixando de ser chamado popularmente de palhaço e recebendo o pomposo nome de humorista. Sucesso com seu humor na música e nos quadros dos programas humorísticos, Tiririca conquistou fãs em todo País. Em 2010, resolveu candidatar-se a um cargo público, Deputado Federal e não deixou de ser artista em suas campanhas, não deixou de ser palhaço, não deixou de ser povão. Elegeu-se como Deputado mais votado e descobriu que sua eleição contrariou muita gente no meio político, passando a ser alvo de uma campanha midiática que alardeava quase como um escândalo que o Sr. Francisco Everardo Oliveira Silva, Deputado eleito Tiririca não sabia ler. A mesma televisão que o erguera, agora era usada para derrubá-lo. Virou motivo de chacotas, de especulações e deboche, mas deu a volta por cima e provou sua capacidade após descobrir que o Brasil é um País de cegos preconceituosos. Durante sua campanha muito se comentava sobre a presença de um palhaço no Senado, muitos riram, mas ele deu a volta por cima. Atualmente a mídia volta a buscar o Deputado Tiririca, desta vez pelo anúncio, dado pelo próprio Deputado, de que ele não iria candidatar-se para uma reeleição. Quando perguntado do porque desta decisão, Tiririca responde: - "Porque descobri que política não funciona como todos pensam. Uma coisa é apresentar um projeto e outra coisa é aprová-lo. Não depende só de voce. Eu estou aqui fazendo o que é possível fazer; compareço e apresento os projetos, nada mais. Eu não consigo fazer nada do que pensei que pudesse e não fui eleito para isso."
Aos brasileiros que riram dele, não como palhaço, mas como Deputado eleito, fica uma enorme lição de que riram de si mesmos. A imprensa que antes avidamente perseguia Tiririca pelo fato de ser analfabeto já não enfatiza dois fatos importantes nas atitudes do Deputado: Um parlamentar eleito sem promessas, sem demagogia e truculência. Um homem que para muitos é analfabeto, que talvez não tenha o traquejo político das velhas raposas, o dinheiro ou a influência, mas um homem que sabe ser homem na chegada e na saída da política. Sobe com honra e desce com nobreza. Infelizmente a política é uma coisa feita para pobres,pobres de espírito, mas o Tiririca demonstrou com seus gestos e atitudes que é um homem muito rico de caráter e responsabilidade. Feito e bem feito, venha palhaço Tiririca, pois o povo que te ama sabe que voce só sabe fazer palhaçadas aqui fora, mas mesmo fazendo rir, voce provou ser um homem sério.

Texto de Tony Casanova - Direitos Autorais reservados ao autor.
Facebook - tony.casanova1
Twitter - prodacultural

Seguidores do Google