Moda, eterna moda. [Tony Casanova]


Em pleno século XXI ainda há quem ache a Moda uma tolice, um desperdício ou até mesmo frescura de ricos. Que me perdoem os sovinas e os ignorantes, mas a Moda realmente é importante socialmente falando. Os grandes produtores de Moda, como as grandes Grifs, Ateliers e os renomados estilistas, são na verdade como bichos-da-seda, tecendo malhas e moldando formas e conceitos cada vez mais úteis, bonitos e agradáveis. Lógico que neste mercado há os que fazem espetáculos Fashions, ou seja, peças de apresentação que somente serão exibidas ali, mas que não serão usadas em público, mas até mesmo nestas situações é válido atentar para tais produções.
Já me chamaram de louco por afirmar que a Moda é uma das mais lindas expressões de Arte do mundo. Me disseram que Arte e Moda nada tem a ver. Que pensamento absurdo! Quando um Estilista, um Designer de Modas senta-se para criar um modelo, ele espreme sua mente, busca nela inspiração e traz à tona algo que só havia ali, nos seus pensamentos. Ai eu pergunto; Isto é ou não Arte? Eu particularmente não tenho a menor dúvida que sim. Quanto a gostar de Moda ou não, ai é uma questão pessoal, cada um decide sobre aquilo que vai ou não gostar. Existem muitas críticas a respeito dos novos costumes implantados pelas novas tendências. Falam que a nudez está sendo reverenciada pelas Grifs, mas que paradoxo descabido! Raciocinem comigo; Se eles tem os tecidos como matéria-prima porque haveriam de criar a Moda do nu, se para ela não é preciso criar nada?
O que é mais interessante na Moda é o confronto de formas e cores que se assemelham a um pintor escolhendo na palheta qual a cor que irá misturar para conseguir a fidelidade da expressão. Gosto da Moda romântica, mas nem por isso deixo de admirar os estilos mais arrojados, mais tendentes ao modernismo. Acho que a volta dos espartilhos trouxe o lirismo para o mundo Fashion. Me encanta quando os estilistas começam a introduzir acessórios do século XIX em suas criações. O resultado é algo tão expressivamente prazeroso, tão declinado para a candura, a doçura dos costumes da época. Acho maravilhosa a permanência do bom e velho Jeans até nossos dias. Eu ficava simplesmente embriagado com os lançamentos da Índigo Blues e da Stone Washed. A evolução da Moda é um dos mais gostosos mistérios da humanidade porque ela vai-e-vem, criando e recriando, repaginando guarda-roupas sempre dando uma melhorada nos estilos que já existiam. Eu diria que a Moda é como a Phoenix, renasce das cinzas sempre mais linda e vigorosa. A Moda sempre se aprimora e adapta aos tempos, ela nunca morre por ser eterna.

Texto do Escritor Brasileiro Tony Casanova – Direitos Autorais Reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte dele sem autorização expressa do autor sob pena de infração ás Leis Brasileiras de Proteção aos Direitos Autorais.
Copy Right 2014 by Brazilian Writer Tony Casanova – All Rights Reserved.

Seguidores do Google