Relacionamento - Entendendo o ciúme. [Tony Casanova]


Eu abro a matéria de hoje fazendo um convite a você para leia este artigo feito com muito carinho e estudado na prática ao longo de toda minha vida após minha adolescência. Para chegar até cada tema que abordo, todas as questões são analisadas não só a partir das minhas experiências, mas da audição e observação de centenas de outras pessoas que vivenciaram as mesmas situações e amigavelmente conversaram sobre elas. Trago à luz hoje o Ciúme, um sentimento controverso, polêmico e sempre constante nas relações humanas. Através desta leitura você poderá esclarecer melhor sobre ele e quem sabe obter uma outra ótica que possa melhorar seu relacionamento.
A priori somos todos humanos e sujeitos ás mesmas emoções e sentimentos. O que está presente em um, está presente em todos nós. O que varia são os graus de intensidade na manifestação destas emoções. Relativo ao ciúme, há quem diga que este sentimento é “coisa do diabo”, que “não é de Deus” e tantas outras inverdades. Não foi o diabo quem nos criou, portanto ele não injetou em nós sentimentos, eles estão dentro de nós desde nossa criação. São semelhantes às nossas fraquezas ocultas que se forem manipuladas por alguém mal intencionado, podem se reverter contra nós. Não devemos lutar contra nossos sentimentos, mas ter cuidado com o excesso das suas manifestações. Todo excesso representa o desequilíbrio e consequentemente o descontrole.
Muitos se perguntam qual a utilidade do ciúme. É uma pergunta muito oportuna e bastante útil e para respondê-la, darei aqui um exemplo hipotético: Imaginemos que acabamos de selecionar uma quantidade de feijões limpos e pretendemos cozinhá-los. Vamos colocá-los com água na panela de pressão e levá-la ao fogo. O que irá ocorrer após alguns minutos, quando a água na panela começar a ferver? Certamente haverá a expulsão de toda pressão interna da água que ferve no interior da panela. Caso isto não ocorra sabemos que há algo errado e muito perigoso, porque a pressão deveria sair. Precisamos descobrir porque ela não está saindo antes que seja tarde demais e a panela venha a explodir por causa do excesso de pressão. O ciúme é um sintoma do excesso de pressão e uma prova irrefutável da existência do amor, mas acima de tudo uma força gerada pelo medo e a insegurança.
Sei que muitos pensarão: Que prova de amor que nada! Para que entendamos melhor esta questão vamos analisar desta forma: - Se você tem uma amiga muito próxima e percebe que ela demonstra ciúmes do teu namorado, irmão ou mesmo de um outro amigo, lhe restaria dúvida de que ela estivesse gostando desta pessoa? O ciúme é uma manifestação dirigida apenas à aqueles que gostamos, por quem nos importamos e cuja razão da felicidade nos afeta diretamente. Não há como sentir ciúmes se não temos um vínculo real ou fictício com alguém que nos incomoda a este sentimento. Não é correto atribuirmos o ciúme à desconfiança, afinal nós sabemos que as desconfianças são produtos de ações suspeitas e que as atitudes precedem a reação do ciúme. Atitudes podem ser um fator motivador do ciúme caso gerem suspeitas. É preciso então corrigir as atitudes tornando-as transparentes ou eliminando-as para que seus efeitos sejam inócuos .
Mas qual a importância do ciúme nas relações? Mais uma vez usarei um exemplo hipotético: Em sua residência você usa o gás de cozinha, aquele dos botijões, chamado de GLP ou Gás Liquefeito de Petróleo. Muitas pessoas não sabem, mas o GLP não possui odor, ou seja não apresenta cheiro, por isso antes de ser envasado é adicionado a ele um outro gás chamado de Mercaptano ou Tiol, um gás com cheiro forte para que se possa detectar um vazamento eventual. Assim quando o GLP vasa, junto com ele o Mercaptano denuncia o vazamento através do seu cheiro forte. Em hipótese podemos Comparar o ciúme ao Mercaptano, assim ele não só prova a existência do amor, mas também do perigo que ronda uma relação. Fico por aqui e espero que você tenha gostado e possa compartilhar esta matéria e deixar seu comentário. Até a próxima.

Texto do escritor brasileiro Tony Casanova . Direitos Autorais reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer natureza ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte dele, sem autorização expressa do autor, sob pena de infração ás Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos Autorais.
...............................................................................................................

Relationship - Understanding jealousy. [Tony Casanova]

I open the matter today making an invitation to you to read this article made with love and studied in practice throughout my life after my teens. To get to each topic I discuss all issues are addressed not only from my experiences, but of hearing and watching hundreds of other people who experienced the same situations amicably and talked about them. Bring to light today Jealousy, a feeling controversial, controversial and always constant in human relations. Through this reading you can clarify about it and maybe get a different perspective that can improve your relationship.
     A priori we are all human and subject to the same emotions and feelings. What is present in one, is present in all nodes. What varies are the degrees of intensity in the manifestation of these emotions. Relative to jealousy, some say that this feeling is "of the devil" that "is not of God" and so many other untruths. It was the devil who created us, so it does not injected in us feelings, they are within us since our creation. Are similar to our hidden weaknesses that are handled by someone malicious, can be reversed against us. We should not fight our feelings, but be careful with the excess of its manifestations. All excess is the imbalance and consequently the lack.
     Many wonder what is the use of jealousy. It is a very timely question and useful and to answer it, I will give here a hypothetical example: Let's say you just select a quantity of clean beans and we intend to cook them. We'll get them with water in a pressure cooker and take it to the fire. What will occur after a few minutes, when the water in the pot begins to boil? Certainly there will be the expulsion of all internal water pressure inside the boiling pot. If it does not know that something is wrong and very dangerous, because the pressure should leave. We need to find out why it is not coming out before it's too late and the pot will explode because of excess pressure. Jealousy is a symptom of excess pressure and irrefutable proof of the existence of love, but above all a force generated by fear and insecurity.
     I know many will think: What proof of love than nothing! To better understand this issue we will analyze this: - If you have a close friend and realizes she demonstrates jealous of your boyfriend, brother or another friend, you would be left no doubt that she was enjoying this person? Jealousy is a manifestation addressed only to those we like, for whom we care and whose happiness of reason affects us directly. There is no way jealous if we do not have a real or fictitious bond with someone who bothers us this feeling. It is not right assign jealousy and mistrust, after all we know that the suspicions are products of suspicious actions and attitudes precede the reaction of jealousy. Attitudes can be a motivating factor case of jealousy generate suspicions. You must then correct attitudes making them transparent or eliminating them so that their effects are harmless.
     But what is the importance of jealousy in relationships? Again I will use a hypothetical example: In your home you use the cooking gas, one of the bottles, called LPG or Liquefied Petroleum Gas. Many people do not know, but LPG has no odor, or has no smell, so before being bottled is added to it another gas called mercaptan or thiol, a gas with a strong odor so you can detect any leak . So when the LPG vasa, along with it the mercaptan denounces the leak through its strong smell. In no event can compare to jealousy mercaptan, so he not only proves the existence of love, but also the danger surrounding a relationship. I'm here and I hope you enjoyed it and can share this and leave your comment. Until next time.

      Text Brazilian writer Tony Casanova. Copyright reserved to the author. The copying, collage, reproduction or disclosure of any kind in any medium, in whole or part without the express permission of the author, under penalty of infringement ace Brazilian Laws and International Protection of Copyright.

....................................................................................................

Relación - Comprensión celos. [A Tony Casanova]

Abro el asunto hoy haciendo una invitación a que lea este artículo hecho con amor y estudiado en la práctica a lo largo de mi vida después de mi adolescencia. Para llegar a cada tema se discuten todos los temas se abordan no sólo de mis experiencias, sino de oír y ver cientos de otras personas que han experimentado las mismas situaciones de manera amistosa y hablaban de ellos. Llevar a hoy luz celos, un sentimiento relaciones humanas polémicos, controvertidos y siempre constantes en. A través de esta lectura se puede aclarar al respecto y tal vez obtener una perspectiva diferente que puede mejorar su relación.
     A priori todos somos humanos y sujetos a las mismas emociones y sentimientos. Lo que está presente en uno, está presente en todos los nodos. Lo que varía son los grados de intensidad en la manifestación de estas emociones. En relación con los celos, algunos dicen que este sentimiento es "del diablo", que "no es de Dios" y tantas otras falsedades. Fue el diablo quien nos creó, para que no se inyecta en nosotros sentimientos, que están dentro de nosotros desde nuestra creación. Son similares a nuestras debilidades ocultas que son manejados por alguien malicioso, puede revertirse en contra de nosotros. No debemos pelear nuestros sentimientos, pero ten cuidado con el exceso de sus manifestaciones. Todo exceso es el desequilibrio y consecuentemente la falta.
     Muchos se preguntan cuál es el uso de los celos. Es una pregunta muy oportuna y útil, y responder a ella, voy a dar aquí un ejemplo hipotético: Digamos que usted acaba de seleccionar una cantidad de granos limpios y tenemos la intención de cocinarlas. Vamos a llegar con el agua en una olla a presión y llevamos al fuego. Lo que ocurrirá después de unos pocos minutos, cuando el agua en la olla empieza a hervir? Ciertamente habrá la expulsión de toda la presión interna del agua dentro de la olla hirviendo. Si no sabe que algo anda mal y muy peligroso, ya que la presión debe irse. Tenemos que averiguar por qué no va a salir antes de que sea demasiado tarde y el bote va a explotar debido a un exceso de presión. Los celos son un síntoma de exceso de presión y una prueba irrefutable de la existencia del amor, pero sobre todo una fuerza generada por el miedo y la inseguridad.
     Sé que muchos pensarán: ¿Qué prueba de amor que nada! Para entender mejor este tema vamos a analizar esto: - Si usted tiene un amigo cercano y se da cuenta de que ella demuestra celos de su novio, hermano u otro amigo, usted se quedaría ninguna duda de que ella estaba disfrutando de esta persona? Los celos son una manifestación dirigida sólo a aquellos que nos gusta, para quienes nos preocupamos y cuya felicidad de la razón nos afecta directamente. No hay manera celosa si no tenemos un vínculo real o ficticio con alguien que nos molesta este sentimiento. No se asignará derecho celos y la desconfianza, después de todo lo que sabemos que las sospechas son producto de acciones sospechosas y las actitudes preceden a la reacción de los celos. Las actitudes pueden ser un factor de motivación caso de los celos generar sospechas. A continuación, debe corregir actitudes haciéndolos transparentes o eliminarlos de manera que sus efectos son inofensivos.
     Pero ¿cuál es la importancia de los celos en las relaciones? Una vez más voy a utilizar un ejemplo hipotético: En su casa se utiliza el gas para cocinar, una de las botellas, llamado GLP o gas licuado de petróleo. Muchas personas no saben, pero el GLP no tiene olor, o no tiene olor, así que antes de ser embotellado se añade a ella otro gas llamado mercaptano o tiol, un gas con un olor fuerte para que pueda detectar cualquier fuga . Así que cuando el GLP vasa, junto con él el mercaptano denuncia la fuga a través de su fuerte olor. En ningún caso se puede comparar a celos mercaptano, por lo que no sólo demuestra la existencia del amor, pero también el peligro que rodea a una relación. Estoy aquí y espero que lo hayan disfrutado y puede compartir esto y dejar tu comentario. Hasta la próxima.

      Texto escritor brasileño, Tony Casanova. Derechos de autor reservados al autor. La copia, collage, reproducción o divulgación de cualquier tipo en cualquier medio, total o parcialmente, sin el permiso expreso del autor, bajo pena de infracción as leyes brasileñas y Protección Internacional de los Derechos de Autor.

Seguidores do Google