Informática - Hacker ou Técnico? Curiosidades. [Tony Casanova]


Muitos usuários de computador estremecem ao ouvir o termo “Hacker”. De forma equivocada eles associam o termo a Engenheiros e Técnicos da Informação, mas pensando em você leitor leigo e que desconhece o termo, resolvi escrever esta matéria esclarecendo alguns mitos e verdades sobre hackers. Farei a disposição da matéria na forma de perguntas e respostas e tenho certeza de que a partir desta leitura você irá encarar este termo com um pouco menos de medo e receio. Vou iniciar com a seguinte questão:

O que é hacker?

O Hacker é um indivíduo que possui conhecimento técnico da área de programação de Informática. São indivíduos considerados experts de Programação e Desenvolvimento de Softwares , Aplicativos, Redes e Sistemas Operacionais. Por conta do termo “Técnico”, obviamente eu diria que todo técnico experiente tem capacidade Hacker, mas nem todos são invasores de sistemas como imaginamos a priori. Existem muitos técnicos que agem de forma ética e socialmente útil, dentro dos parâmetros legais. De forma hipotética posso comparar com uma corporação policial, onde há muitos policiais que atuam dentro da Lei e alguns que agem fora dela. A vulgarização do termo se deu por conta do despreparo da mídia que ao anunciar crimes de invasão de sistemas realizado por alguns técnicos, denominou o termo como pejorativo, esquecendo a grande contribuição que muitos técnicos deram em diversos programas criados e que atendem a um enorme público de usuários. Não seria absurdo dizer aqui que o que diferencia os hackers e técnicos são suas intenções e ações, podendo ir do Ilegal ao Politicamente correto.

Todo Técnico ou Engenheiro da Informação é criminoso?

Óbvio que não. O que determina quem é ou não criminoso é a ação praticada e não o termo que o denomina dentro da sua formação. Um Técnico de Programação, denominado apenas assim, um Engenheiro ou mesmo um usuário Hiper Avançado possuem conhecimentos semelhantes ao de qualquer hacker, mas qualquer um pode utilizar o conhecimento que tem para invadir, parar, modificar, roubar informações ou inutilizar Sistemas. Desta forma “Hackear” é uma ação cometida por indivíduos mal intencionados e que possuem conhecimento técnico suficiente para tal. Entendamos que Hacker pode ser qualquer indivíduo com conhecimentos da área de informação e cuja intenção seja criminosa, então para desmistificar o termo; Todo hacker é um Técnico, mas nem todo Técnico é um Hacker.

Consideradas como crimes as invasões, modificações, interrupções, roubos de identidade ou informações ou inutilização de Sistemas Informatizados são ações de indivíduos mal intencionados, estes que foram classificados como Hackers por usarem os altos conhecimentos adquiridos na área para produzir danos a terceiros. É importante que não façamos confusão entre aqueles que trabalham eticamente e produzem benefícios e aqueles que visam provocar danos em seu próprio benefício. Temos diversos profissionais trabalhando incansavelmente para garantir o funcionamento de Sistemas Operacionais vitais nas Empresas Público ou Privadas, Instituições Hospitalares, Bancárias, Industriais e Comerciais, Escolares e Militares. São profissionais sérios, dedicados e cujo trabalho é de suma importância para as populações locais.

Texto do Escritor brasileiro Tony Casanova – Direitos Autorais reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte dele, sem autorização expressa do autor sob pena de infração ás Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. O uso da presente obra sem respeito aos créditos devidos ao autor incorrem em Crime de Plágio.

Seguidores do Google