Entrevista | Professora Maria Oliveira | Tony Casanova


Nossa matéria de hoje traz uma entrevista com a Professora Maria Oliveira, ela que já foi entrevistada por Roda Cultural e está retornando para falar um pouco mais sobre sua visão profissional, seus planos para o futuro, enfim nos dar a oportunidade de conhecê-la um pouco mais.

PRC – Bem vinda Professora Maria Oliveira e aceite nossos agradecimentos pelo apoio e colaboração com o Projeto Roda Cultural.

MO - Obrigada,eu que agradeço essa oportunidade.

PRC – Professora, o Brasil enfrenta hoje uma crise econômica que atinge vários setores públicos e privados do País e que afeta áreas sensíveis como a Educação. Qual a sua visão sobre a situação dos professores diante da crise na Educação brasileira?

MO - Olha, muita coisa precisa ser revista para que a educação possa melhorar. Analisando a crise na educação como um todo,com certeza afeta tanto a vida dos professores como dos alunos,professores vão trabalhar insatisfeitos e acabam comprometendo a qualidade de ensino e prejudicando os alunos.Muita coisa precisa ser melhorada sim,começando pelo salario dos professores,o respeito a profissão que se perdeu com o tempo .

PRC – Eu soube que você viajou até Portugal para um importante evento na área de educação. Vale a pena investir em aperfeiçoamento profissional na atual conjuntura da nossa educação?

MO - se analisarmos a educação no momento atual,pode parecer que não, mas o aperfeiçoamento profissional é a unica maneira que o professor tem de não ficar emerso no passado.

PRC- Dentro da pauta de reivindicações dos professores brasileiros está a questão da segurança nas escolas. Como você vê esta questão referente ás agressões sofridas por professores dentro de sala de aula?

MO - A violência n ambiente escolar interfere no ensino e na aprendizagem. Os professores sentem -se acuados ,porque de um lado tem a lei que protege os menores e do outro tem pais que protegem os filhos e os professores? Acabam muitas vezes afastando-se do trabalho por medo de uma nova agressão pois não tem segurança para protegê-los da violência.

PRC – Quais são os seus planos para o futuro?

MO - Continuar fazendo cursos de extensão para o meu aperfeiçoamento profissional e continuar com meu trabalho, sempre zelando pelo aprendizado dos meus alunos e principalmente fazendo o meu melhor, pois se nossa profissão não é reconhecida, cabe a cada professor fazer-se reconhecer pelo seu trabalho bem feito independente do salario. Gostar do que faz é o melhor que se pode fazer e trabalhar com vidas não pode ser apenas por causa do que se ganha.

PRC - Para você lecionar é a realização de um sonho ou apenas a necessidade de trabalho?

MO - É a realização do maior sonho da minha vida,se fosse só por necessidade de trabalhar estaria em outro setor que fosse mais valorizado.

PRC – Para finalizarmos eu gostaria de mais uma vez agradecer pela sua colaboração e pedir que defina para nossos leitores qual a sua opinião sobre o Projeto Roda Cultural.

MO - eu que agradeço pela oportunidade e é um prazer poder colaborar com o Projeto roda Cultural,que atualmente é o maior blog de assuntos atuais e importantes para nossa cultura,pessoas sedentas de informações nÃo devem deixar de visita-los.

..................................................................................................................................

Interview | Professor Maria Oliveira | Tony Casanova.

Our subject today features an interview with Professor Maria Oliveira, who she has been interviewed by Cultural Wheel and is returning to talk a little more about his professional vision, your plans for the future at last give us the opportunity to know her a bit more.

PRC - Welcome Professor Maria Oliveira and accept our thanks for the support and collaboration with the Cultural Wheel Project.

MO - Thanks, I appreciate that that opportunity.

PRC - Professor, Brazil today faces an economic crisis in various public and private sectors of the country and affecting sensitive areas such as education. What is your view on the situation of teachers to the crisis in Brazilian education?

MO - Look, a lot needs to be revised so that education can improve. Analyzing the crisis in education as a whole certainly affects both the lives of teachers and students, teachers will work dissatisfied and end up compromising the quality of teaching and hurting alunos.Muita thing needs to be improved Yes, starting with the salary of teachers, I respect the profession that has been lost over time.

PRC - I knew you traveled to Portugal for an important event in education. It is worth investing in professional development at this juncture of our education?

MO - if we look at education at the moment, it may seem not, but further training is the only way that the teacher must not be emerged in the past.

PRC- Within the list of demands for Brazilian teachers is the issue of safety in schools. How do you see this question of ace aggressions suffered by teachers in the classroom?

MO - Violence No school environment interferes with teaching and learning. If teachers feel trapped, because on one side is the law that protects minors and others have parents who protect their children and teachers? Often end up moving away from work for fear of a new attack as it has no security to protect them from violence.

PRC - What are your plans for the future?

MO - Keep doing coursework for my professional development and continue with my work, always caring for the learning of my students and especially doing my best, for if our profession is not recognized, it is up to each teacher to be recognized by your job well done regardless of salary. Love what you do is the best you can do and work lives can not be just because of what you earn.

PRC - To teach you is the realization of a dream or just need to work?

MO - It is the realization of the greatest dream of my life, if only out of necessity would be to work in another sector that was more valued.

PRC - To finish I would like to once again thank you for your cooperation and ask that you set for our readers what is your opinion about the Cultural Wheel Project.

MO - I thank you for the opportunity and is a pleasure to collaborate with the Cultural Wheel Project, which is currently the largest blog of current affairs and important to our culture, thirsty people information should not fail to visit them.

.................................................................................................................................

Entrevista | Profesora Maria Oliveira |, Tony Casanova.

Nuestro tema de hoy cuenta con una entrevista con la profesora Maria Oliveira, que ha sido entrevistado por la rueda de Cultura y está volviendo a hablar un poco más acerca de su visión profesional, sus planes para el futuro, por fin nos dan la oportunidad de conocerla un un poco más.

PRC - Bienvenido profesora María Oliveira y acepte nuestro agradecimiento por el apoyo y la colaboración con el Proyecto Cultural de ruedas.

MO - Gracias, le agradezco que esa oportunidad.

PRC - Profesor, Brasil se enfrenta hoy a una crisis económica en diversos sectores públicos y privados del país y que afectan a áreas sensibles como la educación. ¿Cuál es su opinión sobre la situación de los docentes a la crisis en la educación brasileña?

MO - Mira, mucho necesita ser revisada para que la educación puede mejorar. El análisis de la crisis de la educación en su conjunto, sin duda afecta tanto a la vida de los profesores y los estudiantes, los profesores trabajará insatisfechos y terminan comprometer la calidad de la enseñanza y perjudicando cosa alunos.Muita necesita ser mejorado Sí, empezando por el salario de los maestros, Yo respeto a la profesión que se ha perdido con el tiempo.

PRC - Yo sabía usted viajó a Portugal para un evento importante en la educación. Vale la pena invertir en el desarrollo profesional en este momento de nuestra educación?

MO - si nos fijamos en la educación en este momento, es posible que no parece, pero la formación es la única manera de que el profesor no debe surgió en el pasado.

PRC- Dentro de la lista de demandas de los profesores brasileños es el tema de la seguridad en las escuelas. ¿Cómo ve esta cuestión de las agresiones as sufrido por los docentes en el aula?

MO - No Violencia ambiente escolar interfiere con la enseñanza y el aprendizaje. Si los maestros se sienten atrapados, ya que por un lado es la ley que protege a los menores y otras tienen padres que protejan a sus hijos y los maestros? A menudo terminan alejándose de trabajo por temor a un nuevo ataque, ya que no tiene seguridad para protegerlos de la violencia.

PRC - ¿Cuáles son tus planes para el futuro?

MO - Siga haciendo cursos para mi desarrollo profesional y continuar con mi trabajo, siempre cuidando para el aprendizaje de mis alumnos y sobre todo haciendo lo mejor, porque si nuestra profesión no es reconocido, le corresponde a cada maestro para ser reconocido por su trabajo bien hecho, independientemente del salario. Amar lo que haces es lo mejor que puedes hacer y vidas de trabajo no puede ser justo, porque de lo que gana.

PRC - Enseñar a ti es la realización de un sueño o simplemente necesita para trabajar?

MO - Es la realización del sueño más grande de mi vida, aunque sólo sea por necesidad sería trabajar en otro sector que fue más valorada.

República Popular China - Para terminar me gustaría darle las gracias una vez más por su cooperación y pedir que se establece para nuestros lectores cuál es su opinión sobre el proyecto de la rueda Cultural.

MO - le doy las gracias por la oportunidad y es un placer colaborar con el proyecto de la rueda Cultural, que es actualmente el más grande de blogs de temas de actualidad y importante para nuestra cultura, la información de personas sedientas no debe dejar de visitar.

Seguidores do Google