Crítica | O que acontece com a televisão brasileira | Tony Casanova

A televisão brasileira atravessa uma grave crise e vive seus dias de agonia e extrema pobreza de programação. Após o sumiço da grade de bons filmes, as emissoras brasileiras cansam o público com programações repetitivas e desgastantes, empurrando o público cada vez mais para a internet. As duas emissoras que dominam o mercado com os primeiro e segundo lugares de audiência vem apostando na mesmice e promovendo homéricas derrapadas com a inclusão de realitys shows sem graça em substituição aos filmes. Ao que parece trata-se de uma questão orçamentária, tendo em vista a quantidade de repetições de séries e filmes americanas adquiridos em pacotes de décadas passadas.
A Rede Globo de Televisão que sutentava sua audiência com suas novelas já enfrenta dificuldades de manter o telespectador ligado e por errar pesando a mão na quantidade de telenovelas apresentadas. Hoje a programação da “Vênus Platinada” resume-se a programas insossos de variedades, telejornais e telenovela, sobrando espaço para filmes apenas na madrugada, após os Talk Shows, filmes que diga-se de passagem já foram repetidos dezenas de vezes na mesma emissora. A antiga programação da manhã onde as crianças reuniam-se para boa programação já não existe, à tarde ficou pior pela exibição de repetecos de novelas e uma sessão da Tarde tão pobre que dá sono, mas a coisa fica feia é à noite quando vem uma novela atrás da outra. Nos finais de semana o telespectador prefere acessar a internet por extrema falta do que assistir porque as opções são magras.
O SBT investiu também em Dramas enlatados do México, como faz a anos e considera isso ótimo por estar a séculos em segundo lugar. Mal sabem que bem poderiam estar em primeiro se explorassem aquilo que a Globo vem desprezando. Apesar da quantidade de filmes no SBT ser maior qua a da Globo, as repetições são evidentes. Há filmes que já foram repetidos dezenas de vezes, o que demonstra a pobreza absoluta da televisão brasileira. Os Stand Up Comedy também estão presentes na emissora, infelizmente e com muito mau gosto nas piadinhas sem graça dos apresentadores que vibram por fazer meia-dúzia de telespectadores darem risadas, mas esquecem que Humor é coisa séria e fazer rir não é para qualquer um, muito menos bater audiência. Se hoje a Globo é batida na audiência em algumas vezes não é por competência de quem a vence, mas por falta de visão da própria emissora que dá uma derrapada atrás da outra. O público assiste o menos pior por falta de opção melhor.
As demais emissoras nem se fala. Estas se dão ao luxo das apelações que muitas vezes são vergonhosas. Há quem orgulhe-se por conseguir X pontos de audiência, dando-se por contente, mas o fato é que falta visão para produzir melhor aquilo que já se faz e principalmente respeitar o gosto de quem está com o controle remoto nas mãos. Certas programações são tão fracas, tão sem qualidade que pode-se considerar como acinte à inteligência do telespectador. O que não consigo entender é como os anunciantes insistem em colocar suas marcas, serviços e produtos em programações tão sem sal. Lembro-me com saudades dos tempos em que havia um cuidado, um zelo primoroso na escolha dos programas e eles acertavam em cheio o gosto do espectador. Havia programação infantil de qualidade, não o que se apresenta hoje, tempos em que crianças eram tratadas como crianças, adolescentes idem e adultos como adultos. Havia respeito e seriedade no que se exibia. Tinha uma preocupação com a qualidade e não o compromisso com a quantidade. Uma época de ouro da televisão brasileira, época que a consagrou como uma das melhores do mundo. Recentemente sabendo do sucesso da telenovela Mil e Uma Noites exibida pela rede Bandeirantes e que bateu a audiência Global e notando o fracasso de Velho Chico, é fácil perceber a pobreza na qualidade da nossa televisão.



Texto do Escritor brasileiro Tony Casanova. Direitos Autorais reservados. Proibida a cópia, colagem, reprodução total ou parcial de qualquer espécie ou divulgação em qualquer meio sem autorização prévia e expressa do autor. A violação destes Direitos constitui-se em crime previsto nas Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos Autorais e Propriedade Intelectual e está passiva de punição legal cabível de acordo com a Legislação em vigor.
..................................................................................................

critical | What happens with the Brazilian television | Tony Casanova

crisis and lives his days of agony and extreme poverty programming. After the disappearance of the good movies grid, Brazilian broadcasters tire the audience with repetitive and stressful schedules, pushing the public increasingly to the internet. The two stations that dominate the market with the first and second hearing of places is betting on sameness and promoting Homeric derrapadas with the inclusion of Reality shows bland replacing the movies. Apparently this is a budgetary issue, given the amount of repetitions of series and American films acquired in past decades packages.
The Globo TV network that sutentava his audience with his novels already struggling to keep on viewer and wrong weighing a hand in the amount of soap operas presented. Today the program of "Venus platinum" comes down to bland variety programs, news programs and soap operas, leaving room for movies in the morning after the talk shows, movies that tell the way have been repeated dozens of times in the same station . The old programming morning where children gathered to good programming no longer exists, the afternoon got worse for displaying novels replays and such a poor afternoon session that gives sleep, but it gets ugly is at night when comes a novel after another. On weekends the viewer prefers to access the internet than watching extreme lack because the options are slim.
SBT also invested in canned Dramas Mexico, as does the years and considers it to be great centuries in second place. Little do they know that might as well be first to explore what the Globe is despising. Despite the amount of films in SBT be higher qua the globe, the repetitions are evident. There are films that have already been repeated dozens of times, which shows the absolute poverty of Brazilian television. The Stand Up Comedy are also present in the station, unfortunately with very bad taste in jokes dull presenters that vibrate to make half a dozen viewers give laughter, but forget that humor is a serious thing and make you laugh is not for everyone, much less beat audience. If today the globe is hit in the audience it is sometimes not a competence of who wins, but for lack of vision of one's station that gives a barrel roll after another. The audience watches the least worse for lack of a better option.
The other stations or talking. These have the luxury of appeals that are often shameful. Some pride by getting X rating points, giving a happy, but the fact is that lack vision to produce better what is already being done and especially respect the like who is with the remote control in hand. Some programs are so weak, so no quality that can be considered as a provocation to the viewer's intelligence. What I can not understand is how advertisers insist on putting their brands, services and products on schedules so without salt. I remember with nostalgia the days when there was a caution, an exquisite zeal in the choice of programs and they hammered in full the taste of the viewer. There were children's programming quality, not what is today, times when children were treated as children, adolescents and adults idem as adults. There was respect and seriousness in what was displayed. I had a concern about the quality and not compromise with the amount. A golden era of Brazilian television, that time established himself as one of the world's best. Recently learned of the success of the telenovela Arabian Nights displayed by the network Bandeirantes and hit the global audience and noting the failure of Velho Chico is easy to see poverty in the quality of our television.

Text Brazilian writer Tony Casanova. Copyright reserved. The copying, collage, total or partial reproduction of any kind or dissemination in any medium without the express prior permission of the author. Violation of these rights constitutes a crime under the Brazilian law and protection of the International Copyright and Intellectual Property and is passive legal punishment applicable according to the legislation in force.

.......................................................................................

crítica | ¿Qué ocurre con la televisión brasileña | tony Casanova

crisis y vive sus días de agonía y la programación extrema pobreza. Después de la desaparición de la parrilla de buenas películas, las emisoras brasileñas cansar al público con programas repetitivos y estresantes, empujando el público cada vez más a Internet. Las dos estaciones que dominan el mercado con la primera y la segunda audiencia de lugares apuesta por la igualdad y la promoción de derrapadas homéricos con la inclusión de los reality shows soso sustitución de las películas. Al parecer se trata de una cuestión presupuestaria, dada la cantidad de repeticiones de series y películas americanas adquiridas en paquetes de décadas pasadas.
La red de televisión Globo que sutentava su audiencia con sus novelas que ya están luchando para mantener el espectador y el mal que pesa una mano en la cantidad de telenovelas presentado. Hoy en día el programa de "Venus de platino" se reduce a programas de variedades sosa, programas de noticias y telenovelas, dejando espacio para las películas de la mañana después de que los programas de entrevistas, películas que cuentan la forma se han repetido decenas de veces en la misma estación . Existe la edad de la mañana de programación donde los niños se reunieron para una buena programación ya no, por la tarde se puso peor para la visualización de novelas repeticiones y una sesión de tarde tan pobre que da sueño, pero se pone fea es por la noche cuando llega una novela tras otra. Los fines de semana el espectador prefiere tener acceso al Internet que viendo la falta extrema porque las opciones son escasas.
SBT también invirtió en dramas en lata México, al igual que los años y considera que ser grandes siglos en segundo lugar. Lo que no saben que bien podría ser el primero en explorar lo que el globo se desprecia. A pesar de la cantidad de películas en SBT ser mayores qua el mundo, las repeticiones son evidentes. Hay películas que ya se han repetido decenas de veces, lo que demuestra la pobreza absoluta de la televisión brasileña. La comedia de pie también están presentes en la estación, por desgracia, con muy mal sabor de chistes aburridos presentadores que vibran para hacer media docena de espectadores dan risa, pero se olvidan de que el humor es una cosa seria y hacer reír no es para todos, mucho menos público latido. Si hoy el mundo es golpeado en la audiencia que a veces no es una competencia de quién gane, pero por falta de visión de de una estación que da un rollo de barril tras otro. El público observa el menor peor por falta de una mejor opción.
Las otras estaciones o hablar. Estos tienen el lujo de apelaciones que a menudo son una vergüenza. Algunos orgullo por conseguir puntos de calificación X, dando un feliz, pero el hecho es que la visión falta para producir mejor lo que ya se está haciendo y sobre todo el respeto por el estilo, que es con el control remoto en la mano. Algunos programas son tan débiles, por lo que no de calidad que pueden ser considerados como una provocación a la inteligencia del espectador. Lo que no puedo entender es cómo los anunciantes insisten en poner sus marcas, servicios y productos en horarios de manera sin sal. Recuerdo con nostalgia los días en que había una advertencia, un celo exquisito en la elección de los programas y martillado en su totalidad el gusto del espectador. Hubo calidad de la programación infantil, no lo que es hoy en día, cuando los niños eran tratados como niños, adolescentes y adultos idem como adultos. No había respeto y seriedad en lo que se estaba mostrando. Yo tenía una preocupación por la calidad y no comprometerse con la cantidad. Una era de oro de la televisión brasileña, que el tiempo se estableció como uno de los mejores del mundo. Recientemente se enteró del éxito de la telenovela mil y una noches mostrada por los Bandeirantes de red y golpeó la audiencia global y teniendo en cuenta el fracaso del Velho Chico es fácil ver la pobreza en la calidad de nuestra televisión.

Texto escritor brasileño, Tony Casanova. Los derechos de autor reservados. La copia, el collage, la reproducción total o parcial de cualquier tipo o difusión en cualquier medio sin la previa autorización expresa del autor. La violación de estos derechos constituye un crimen bajo la ley brasileña y la protección de la Internacional de Autor y la Propiedad Intelectual y es castigo legal pasiva aplicables de acuerdo con la legislación vigente.

Seguidores do Google