Crônica - Crocodilagens no shopping center.


Se tem algo que eu acho pra lá de emocionante e porque não dizer, hilário, é encontro de mulheres no shopping. Imaginem a cena: Duas mulheres encontram-se em pleno corredor do shopping center. Há anos que não se veem, mas no passado eram excelentes amigas. Admiradas, uma olha para a outra e lá vem o desgraçado do diálogo:
Mulher há quanto tempo hein? (Até ai tava tudo bem).
Verdade querida. E ai, como vai?
Eu estou bem, mas você parece que engordou um pouco não é?
A outra entorta o nariz e dá uma franzida na testa.
Que nada querida, mas você sim, está mais velha.
Eu? Magina, o Henrique, meu marido, diz toda hora que eu estou cada dia mais moça.
Bondade dele mulher, até dá para ver os pés de galinha na tua cara.
Nervosa a criatura busca logo a primeira vitrine com espelhos e olha-se preocupada.
Nossa Julieta, que maldade!
Maldade? Só porque engordei uns quilinhos você me chamou de gorda!
Não meu amor. Não foi isso! Eu só falei que você engordou um pouquinho, mas claro que você continua linda!
Obrigada querida, você também está linda.
Parecia a trégua. Apenas parecia.
Mulher, mas mudando de pau pra cacete, me conta onde você fez este cabelo.
Hum! Você gostou foi?
Que nada meu anjo, tá um horror. Parece pixaim de baranga espixado.
Ainda bem querida, magina se fosse igual ao teu que parece uma vassoura de bruxas.
Bruxa é você sua mocréia barata!
Olha só quem fala. Piriguete velha!
Maria Eduarda, você está baixando o nível...
Oh! Meu amor, me perdoe. Foi sem querer. Vamos entrar aqui e fazer umas comprinhas?
Vamos Duda, estou ansiosa para ver umas promoções.
Vamos Jú, ontem eu ví uns sapatos maravilhosos.
Enfim a paz voltou a reinar. Pelo menos no primeiro tempo. E então Jú e Duda partiram alegremente para as compras.

Texto do escritor brasileiro Tony Casanova-Direitos Autorais Reservados ao autor. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer espécie ou em qualquer meio sem autorização expressa do autor sob pena de infração ás Leis Brasileiras de Proteção aos Direitos Autorais.
Copy Right 2014 by Brazilian Whriten Tony Casanova – All Right Reserved.

Seguidores do Google